Atlético-PR empata na decisão da Copa Sul-Americana

Esporte

06 de dezembro de 2018 07:50

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Operário enfrenta o FC Cascavel em jogo-treino

Jovem campeão do judô visita a Prefeitura

Operário anuncia novo supervisor de futebol

Operário apresenta Jardel para 2019 e confirma Simão
Time de Castro é campeão de basquete em cadeira de rodas
Operário apresenta volante Jardel para 2019
Câmara aprova alteração na ‘lei da gratuidade’ do esporte
Decisão do título está aberta para jogo da próxima quarta-feira na Arena da Baixada Foto: Reprodução/Twitter @atleticopr
PUBLICIDADE

Na Colômbia, times ficaram no 1 a 1 e deixaram a decisão do título da Sul-Americana para o confronto da volta, na quarta que vem, na Arena da Baixada

A final da Copa Sul-Americana 2018 começou a ser definida nesta quarta-feira (6) entre Junior Barranquilla-COL e Atlético-PR, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla. Com muita movimentação no segundo tempo da partida, os times empataram em 1 a 1 e deixaram a decisão completamente aberta para o confronto da volta, marcado para semana que vem, dia 12, na Arena da Baixada.

Com duas boas defesas no final da partida, Santos evitou a virada do time colombiano, que empatou o jogo dois minutos após o gol de Pablo. Após o jogo, o goleiro comentou sobre o momento do Furacão.

“Esse ano foi muito bom. Não começamos tão bem a temporada, mas no decorrer conseguimos chegar onde estamos. Fico feliz de poder ajudar os companheiros e o Atlético”, celebra o goleiro do Furacão, que enaltece a qualidade do time. “Agora é ir para casa, descansar, e quarta que vem, com a nossa torcida, vamos em busca desse título. Determinação não vai faltar e vamos em busca desse título”, disse Santos.

O Furacão saiu na frente aos quatro minutos do segundo tempo, após Nikão avançar em velocidade e passar para Pablo, que dominou, invadiu a área e chutou firme para abrir o placar na Colômbia. O jogador, substituído aos 15 minutos, revelou que atuou com uma lesão, mas ficou satisfeito com sua atuação.

“Foi uma lesão que aconteceu no jogo contra o Flamengo. Fiz exames aqui, mas suportei bem os minutos que joguei”, comemora o atacante, autor do gol do Atlético. Ele disse que se sentiu mais forte após balançar as redes, mas não conseguiu continuar em campo. “Agora é tratar para jogar bem na Arena, que será um jogo histórico para o clube” disse o artilheiro do Furacão.

Com o empate em 1 a 1, os times voltam a campo com a decisão totalmente em aberta para o confronto final. A partida que definirá o campeão da Sul-Americana será na próxima quarta-feira (12), às 21h45 (de Brasília), na Arena da Baixada.

Informações Confederação Brasileira de Futebol.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede