Acipg pede providências sobre acidentes em rodovias

Ponta Grossa

06 de dezembro de 2018 14:53

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Aliel é diplomado e renova compromisso com o PR

Péricles destaca Escarpa e fala em reestruturação partidária

Chuva chega forte e minimiza onda de calor em PG

Mercados de PG ampliam horário de atendimento
PG tem queda de 7% nos furtos e 13% nos roubos
Mabel Canto é diplomada pela Justiça Eleitoral do PR
‘Natal Sem Fome’ entrega 2 mil cestas básicas em PG
O assunto foi o alto índice de acidentes das avenidas Presidente Kennedy e Souza Naves Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Outras entidades também participaram da reunião com a Polícia Rodoviária Federal (PRF)

O diretor de Assuntos Comunitários e Governamentais, Luiz Eduardo Pilatti Rosas, da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg) esteve em reunião com Polícia Rodoviária Federal (PRF), na sede do Departamento de Estradas e Rodagem, juntamente com outras instituições para a entrega de um ofício que solicita informações quanto a elaboração de projetos para soluções ou providências sobre para diminuir o número de acidentes nas Avenidas Souza Naves e Presidente Kennedy.

O ofício solicita providências para conter o aumento de acidentes que ocorreram recentemente ao longo de trechos específicos, das Avenida Souza Naves e Presidente Kennedy, as quais são de competência da PRF. De acordo com o documento, este aumento causa insegurança à população, principalmente aos moradores das regiões que necessitam do acesso diário para se locomoverem aos seus trabalhos. “Tem sido verificado com frequência acidentes de grande monta, com risco à vida e alguns deles até fatais”, explica Pilatti.

De acordo com o diretor da Acipg, o encontro também reuniu representantes do Sindicato Rural, Cooperativa Frísia, Sindicato dos Transportadores e Sindicato dos Caminhoneiros. “Um dos trechos é a subida do DER, em que os caminhões mais pesados desaceleram e outros caminhões saem para a ultrapassar aumentando o risco de acidentes com outros veículos que estão vindo mais rápido pela faixa de ultrapassagem”, explica.

Pilatti comenta que a intenção do grupo é ajudar e levar a demanda para o Governo do Estado. “A intenção é que logo que seja respondido o ofício, com as recomendações, levarmos ao conhecimento da governadora Cida Borghetti (PP), para solicitar providencias e evitar mais acidentes”, finaliza o diretor da Acipg.

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede