Ministra lança programa de Bioeconomia nesta semana

Agronegócio

19 de maio de 2019 11:59

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PR prevê 23,3 milhões de toneladas na safra de verão

Agroleite 2019 movimenta R$ 78 mi em negócios

Estado abre edital para projetos de apoio à agricultura familiar

Frísia projeta faturar cerca de R$ 3 bilhões em 2019
Conheça os animais campeões do Agroleite 2019
Trilha do Leite supera número de visitantes de 2018
Julgamento da raça holandesa marca último dia do Agroleite
Sistema agroflorestal para produção orgânica de frutas Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Programa Bioeconomia Brasil – Sociobiodiversidade buscará promover a estruturação de sistemas produtivos baseados no uso sustentável de produtos da biodiversidade


A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) lançará nesta semana o programa Bioeconomia Brasil – Sociobiodiversidade. O objetivo do programa é promover a estruturação de sistemas produtivos baseados no uso sustentável de produtos da biodiversidade e do extrativismo.

O lançamento ocorrerá durante o primeiro dia de programação do Green Rio 2019, uma feira de negócios de empreendedores da área de produtos orgânicos e sustentáveis. A oitava edição do evento será realizada a partir de quinta-feira (23) até sábado (25) na Marina da Glória, Rio de Janeiro.

A partir da articulação do poder público com pequenos produtores, agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, o programa Bioeconomia visa ampliar a produção e o uso de energia a partir de fontes renováveis nos arranjos produtivos e econômicos que envolvem recursos naturais.

O programa será coordenado pela Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura e executado por meio de chamadas públicas com apoio técnico e financeiro de organismos internacionais, fundos e bancos de desenvolvimento, instituições de pesquisa, entidades da sociedade civil, outros ministérios, entes federativos e setor empresarial.

Prêmio SAT

Na ocasião, Tereza Cristina também participará do lançamento da 2ª Edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais. A premiação visa reconhecer e divulgar as boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de bens culturais imateriais associados à agro e sociobiodiversidade presentes nos sistemas agrícolas tradicionais (SAT) do Brasil.

As práticas contribuem para a sustentabilidade ambiental, social e econômica de agricultores familiares e de povos e comunidades tradicionais. As inscrições podem ser feitas de 10 de junho a 31 de outubro. Os três primeiros colocados receberão R$ 70 mil e, os demais sete colocados, R$ 50 mil. 

Parcerias

No evento, a ministra formalizará acordo de cooperação entre o Ministério da Agricultura e o Instituto Julius Kühn, reconhecido centro de pesquisa agropecuária da Alemanha. A parceria, que já foi iniciada no ano passado com a Secretaria de Agricultura Familiar, visa contemplar áreas de energia renovável, segurança alimentar e promoção da agricultura sustentável em pequenas propriedades.

O Ministério da Agricultura terá um estande próprio onde serão realizadas atividades, como palestras, rodas de conversa e reuniões técnicas sobre diferentes práticas agroecológicas, entre outros temas. O espaço também servirá como ponto de encontro de negociadores da agricultura familiar e empreendedores da iniciativa privada.


As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede