Proprietários rurais devem entregar declaração de ITR

Agronegócio

12 de agosto de 2019 16:55

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Trilha do Leite supera número de visitantes de 2018

Julgamento da raça holandesa marca último dia do Agroleite

Descarte Zero auxilia produtor a tratar a saúde dos animais

Governador exalta potencial leiteiro da região
Julgamentos e fóruns são atrações do Agroleite hoje
Empresas da cadeia do leite são reconhecidas com Troféu
Fundação ABC lança Plataforma Sigma
A Receita Federal já disponibilizou o programa que deve ser feita a declaração pela internet Foto: Reprodução/Agência de Notícias do Paraná
PUBLICIDADE

A Receita Federal já disponibilizou o programa que deve ser feita a declaração pela internet

Os proprietários de imóveis rurais podem entregar a partir desta segunda-feira, 12, a declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR). A Receita Federal já disponibilizou o programa da declaração via internet em seu site. O prazo para entregar o documento vai até o dia 30 de setembro.

De acordo com a Instrução Normativa 1.902 de 17 de julho de 2019, do Ministério da Economia/Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil, estão obrigadas a apresentar a DITR a pessoa física ou jurídica, exceto a imune ou isenta, proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título, inclusive a usufrutuária, um dos condôminos e um dos compossuidores.

Também deve declarar o ITR a pessoa física ou jurídica que, entre 1º de janeiro de 2019 e a data da efetiva apresentação da declaração, tenha perdido a posse do imóvel rural; o direito de propriedade, pela imissão prévia do expropriante, em processo de desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, inclusive para fins de reforma agrária; em função de alienação ao Poder Público, inclusive às suas autarquias e fundações, ou às instituições de educação e de assistência social imunes do imposto.

Também devem entregar a declaração aquele que recebeu o imóvel rural nos casos anteriormente descritos, desde que ocorrido entre 1º de janeiro e 30 de setembro de 2019. Nos casos em que o imóvel rural pertencer a espólio, o inventariante deve declarar, enquanto não ultimada a partilha, ou, se este não tiver sido nomeado, o cônjuge meeiro, o companheiro ou o sucessor a qualquer título.

Para o contribuinte que perder o prazo haverá cobrança de multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o total do imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50,00.

No caso de erro nas informações prestadas, o titular do imóvel rural deve apresentar declaração retificadora antes de iniciado qualquer procedimento de lançamento de ofício, sem a interrupção do pagamento do imposto.

Este ano, a Receita espera receber mais de 5,7 milhões de declarações. Em 2018 foram entregues mais de 5,6 milhões de declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural.


Valor da terra 

Para o cálculo do ITR uma das informações que o proprietário deve informar é o Valor da Terra Nua (VTN) de sua propriedade. O VTN/ha em Jaguariaíva foi definido novamente neste ano em reunião com funcionários envolvidos na Fiscalização e Arrecadação de Tributos, proprietários rurais, corretores imobiliários, contadores, Emater e Sindicato Rural, sob supervisão do Departamento de Economia Rural (DERAL).

A fim de proporcionar uma maior segurança jurídica e diminuição de custos operacionais por parte dos contribuintes, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Finanças (SEFIN), via Departamento de Tributação e Fiscalização Tributária, está fornecendo Laudo de Avaliação da Fazenda Pública Municipal que poderá ser emitido a partir do site oficial da administração, nele constará a porcentagem de terras da propriedade por aptidão e o VTN da propriedade.

No início do mês proprietários rurais, contadores e representantes do sindicato rural foram reunidos nas dependências da Biblioteca Cidadã Monteiro Lobato para receber instruções sobre o sistema gerador do Laudo de Avaliação, sistema online e em conformidade com a Instrução Normativa RFB nº 1877, de 14 de março de 2019.

Por manter convênio com a Receita Federal do Brasil em relação ao ITR, Jaguariaíva é encarregada de fiscalizar as declarações anuais deste imposto. Através do convênio o município passou a fazer jus a 100% da arrecadação do ITR.


Jaguariaíva disponibiliza sistema para auxiliar proprietários rurais com a declaração do ITR

A fim de proporcionar uma maior segurança jurídica e diminuição de custos operacionais por parte dos contribuintes, a Prefeitura Municipal de Jaguariaíva, através da Secretaria Municipal de Finanças (SEFIN), via Departamento de Tributação e Fiscalização Tributária, está fornecendo Laudo de Avaliação da Fazenda Pública Municipal que poderá ser emitido a partir do site oficial da administração, nele constará a porcentagem de terras da propriedade por aptidão e o VTN da propriedade.

Na tarde da última quinta-feira, 8 de agosto, proprietários rurais, contadores e representantes do sindicato rural, reuniram-se nas dependências da Biblioteca Cidadã Monteiro Lobato para receber instruções sobre o sistema gerador do Laudo de Avaliação, sistema online e em conformidade com a Instrução Normativa RFB nº 1877, de 14 de março de 2019. Também esteve presente o secretário municipal de Finanças, Carlos Perez Gomez. A apresentação e explicação sobre o sistema ficaram a cargo de Luciane Santin, representante da Convicta Treinamento e Soluções Tecnológicas, empresa contratada através de licitação pela prefeitura para o fornecimento do sistema.

Segundo informações da Luciane o uso do sistema é opcional, mas é uma garantia para o proprietário. “É uma forma gratuita e fácil para o proprietário avaliar seu terreno e prestar a declaração do ITR, e evitar as sanções da malha fiscal”, afirma.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede