Capal consolida investimentos de R$ 120 mi

Agronegócio

17 de setembro de 2019 19:34

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Produtores poderão refinanciar dívidas com juros de 8% ao ano

Governo do Paraná suspende vacinação contra febre a aftosa

Agrônomos contribuem para o desenvolvimento do país

Estimativas indicam safra recorde de grãos
MP do Agro melhora condições de operação do crédito rural
Feira Paraná terá Simpósio de aquacultura
Feira Paraná prevê público superior a 300 mil visitantes
Somente no município sede da cooperativa serão aplicados R$ 18 milhões em diversas obras até o final deste ano Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Aportes serão concluídos em diversas unidades até o final do ano. Em Arapoti são aplicados R$ 18 milhões


A Capal, uma das maiores cooperativas agroindustriais da região dos Campos Gerais, sediada no município de Arapoti, concluirá, neste ano de 2019, seu ciclo de investimentos na casa de R$ 120 milhões em dois anos. Esses aportes foram iniciados em 2018, e serão concluídos até o final de 2019. São investimentos diversos, em diferentes cidades onde a cooperativa está presente, tanto nos Campos Gerais, quanto no Norte Pioneiro e no Estado de São Paulo. Quase metade desse valor já foi aplicado já no ano passado.

Somente no município que sedia a cooperativa, por exemplo, são R$ 18 milhões aportados, em diversas áreas de atuação. Entre as benfeitorias estão a construção de um tombador, melhoria na infraestrutura para o fluxo rápido para recepção de grãos, construção de cinco silos pulmão, nova linha de classificação e ampliação na recepção do sementeiro, construção de unidade de tratamento de sementes e nova linha de peletização na fábrica de ração.

Esse investimento não é o de maior monta para unidades em uma cidade. Os municípios que receberão maiores investimentos são Taquarituba (SP), com R$ 25 milhões, e Wenceslau Braz (PR), com R$ 24 milhões. Também são destaque os municípios de Itararé (SP), com R$ 16 milhões, e Carlópolis (PR), com R$ 3,5 milhões. 

São aportes que estruturam o crescimento da cooperativa para o futuro, a qual já se destaca entre as maiores organizações do Brasil. Com R$ 1.422 bilhão em faturamento no ano passado, a cooperativa cresceu 18% sobre 2017, a maior variação em quase 60 anos de história. A edição ‘Exame Melhores & Maiores’, por exemplo, que apresentou as 400 maiores organizações do agronegócio por vendas líquidas, mostrou o crescimento da Capal em 2018, saindo de 131ª posição (2017) para 123ª, com um aumento em vendas líquidas de 14,2%. Já o ranking ‘Valor 1.000’ também apontou evolução pela Capal: em 2018, a cooperativa chegou à 424ª posição entre as empresas no país, subindo 22 colocações sobre o ano anterior.


Número de associados supera 3 mil 

Fundada em 1960, a CapaL conta atualmente com mais de 3 mil associados, distribuídos em 14 unidades de negócios, nos estados do Paraná e São Paulo. A cadeia agrícola responde por cerca de 70% das operações da cooperativa, produzindo mais de 640 mil toneladas de grãos por ano, com destaque para soja, milho e trigo. A área agrícola assistida ultrapassa os 140 mil hectares. O volume de leite negociado pela Capal mensalmente é de 9 milhões de litros, proveniente de 360 produtores com uma média de produção de 2,5 mil litros/dia.


PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede