Frísia lança Digital Agro Connection para startups

Agronegócio

26 de maio de 2020 20:00

Da Redação


Relacionadas

Digital Agro debate efeitos da pós-pandemia no setor

Cooperativismo paranaense tem faturamento de R$ 72 bi

Convênio permitirá crescimento da fruticultura em PG

Cooperativas trazem segurança a produtores durante pandemia
Fórum Nacional de Incentivo da Cadeia Leiteira começa dia 6
Sicredi prevê a liberação de R$ 22 bilhões ao Plano Safra
Paraná pode colher 40,9 milhões de toneladas de grãos
Programa vai selecionar empresas com projetos nas áreas de agropecuária e agroindústria 4.0 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Programa vai selecionar empresas com projetos nas áreas de agropecuária e agroindústria 4.0

O agronegócio busca cada vez mais estar conectado com as novas tecnologias. É por isso que a Frísia Cooperativa Agroindustrial, de Carambeí, nos Campos Gerais, lançou o programa de inovação aberta Digital Agro Connection 2020, que vai selecionar startups e AgTechs, para desenvolver projetos inovadores com soluções e novos negócios nas áreas de agropecuária sustentável e agroindústria 4.0.

O programa, que está com inscrições abertas até o dia 22 de junho, conta com consultoria e suporte da Aceleradora Sistema Fiep, “para auxiliar a cooperativa na gestão da interação com o ecossistema de startups”, como explica Felipe Couto, gerente de Inovação e Produtividade do Sistema Fiep.

“Nós, do Sistema Fiep, já estamos com nove anos de experiência em relacionamento com startups, sendo pioneiros nesta área no Paraná e também no Brasil. Por isso, nos colocamos à disposição de grandes empresas para auxiliá-las na relação delas com as startups”, explica Felipe.

Para o gerente, se há um bom relacionamento entre as grandes corporações e as startups, também há um “ganha-ganha” para ambos. “Para as empresas, o benefício é encontrar uma solução muito mais barata e mais rápida para sua dor; para as startups, as vantagens são fechar contratos com grandes clientes e dar visibilidade para o seu serviço ou produto”, completa.

Essa opinião é compartilhada por Fábio Solano Baptista, analista de Estratégia e Inovação da Frísia. “Nos últimos anos, percebe-se que os movimentos de inovação estão crescendo muito e têm trazido muitos resultados positivos para vários ramos de mercado e, por isso, estamos trazendo essas novidades para o setor agroindustrial também. Desta forma, estamos abrindo as nossas portas para iniciar o relacionamento com as startups, que podem nos trazer ótimos resultados”, afirma.

Após o período de inscrições, que termina no dia 22 de junho, serão selecionadas 12 startups. Depois dessa primeira etapa, serão três para cada tema (agropecuária sustentável e agroindústria 4.0) que vão desenvolver os projetos.

Suporte aos selecionados

As empresas selecionadas vão receber assessoria, treinamento e custeio da Frísia. “Nós, da cooperativa, também vamos fazer a divulgação dos projetos e seus resultados, para impulsionar as startups no mercado. O trabalho deles será aproveitado pela cooperativa (projetos de agroindústria 4.0) e por nossos cooperados (projetos de agropecuária sustentável)”, explica o analista de Estratégia e Inovação da Frísia. O regulamento e as inscrições estão disponíveis no site do Digital Agro Connection.

PUBLICIDADE

Recomendados