Fórum Nacional de Incentivo da Cadeia Leiteira começa dia 6

Agronegócio

01 de julho de 2020 21:24

Fernando Rogala


Relacionadas

Crea-PR reforça importância de responsável técnico

VBP do Paraná cresce 9% e atinge recorde de R$ 97 bi

Capal anuncia vencedores no Prêmio Leite de Qualidade

Soja gera R$ 3,28 bi em riquezas na região em 2020
Região irá colher 3,7 milhões de toneladas de grãos
Irineo da Costa Rodrigues irá presidir o Sindiavipar
Cooperativas do Paraná projetam faturar R$ 200 bi
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Deputada Aline Sleutjes explica que um dos problemas mais evidentes hoje é o preço do leite no chamado mercado spot 

Em transmissão ao vivo em sua página oficial no Facebook, a deputada federal paranaense Aline Sleutjes anunciou a realização do Fórum Nacional de Incentivo da Cadeia Leiteira. A iniciativa conta com o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária, e vai reunir, em audiências virtuais, a partir de 6 de julho, representantes desse segmento e autoridades para debater políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento da produção e comercialização do leite e derivados.

“As pessoas não se dão conta do quanto o leite é importante e presente no seu dia a dia. Mas, até chegar ao produto final, pronto para o consumo, o processo começa na ordenha e segue uma série de etapas que garantam a qualidade e a segurança alimentar. E os envolvidos nessa cadeia, da porteira para dentro e para fora, enfrentam dificuldades na logística, processamento, e para se manter no mercado”, pontuou a paranaense, vice-líder do Governo na Câmara.

Sleutjes explica que um dos problemas mais evidentes hoje é o preço do leite no chamado mercado spot - de negociação da matéria-prima entre as empresas. Por conta da pandemia do Coronavírus, o valor do litro diminuiu de R$ 1,50, em abril, para R$ 1,20, em maio.

A primeira reunião virtual está agendada para 6 de julho, às 14h30, e contará com produtores de pequeno porte e de agricultura familiar (produção de até 500 litros de leite). A transmissão será ao vivo pela página do Facebook da FPA, e pelo canal do YouTube da frente.

No Brasil,  são 1,171 milhão de estabelecimentos produtores de leite, desde o pequeno da agricultura familiar, passando por pequenos, médios e grandes produtores. A cadeia leiteira gera 4,5 postos de trabalho direto na produção por propriedade. Mais de 5 milhões e 200 mil famílias vivem da produção (no setor primário) do leite.


Com informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados