PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Evento em PG celebra os 5 anos da raça Purunã

Agronegócio

13 de outubro de 2021 19:39

Fernando Rogala


Relacionadas

Governo lança projeto para disseminar a raça Purunã

Quatro cidades da região somam VBP de R$ 5,72 bi

Cooperada integra lista das 100 Mulheres Poderosas da Forbes

Região permite alta produtividade na cevada
Paraná produz R$ 141,6 bi em riquezas no campo
Evento em PG celebra os 5 anos da raça Purunã
Produção será de 288,61 mi de toneladas na safra 2021/22
A Purunã é uma raça desenvolvida a partir de cruzamentos entre outras raças — Charolês, Aberdeen Angus, Caracu e Canchim Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Marcado para esta quinta-feira, evento irá comemorar os cinco anos de oficialização da raça Purunã, a primeira raça brasileira de gado de corte

Será realizado, na tarde desta quinta-feira (14), em Ponta Grossa, um evento para comemorar os cinco anos de oficialização da raça Purunã, a primeira raça brasileira de gado de corte, pelo Ministério da Agricultura. O evento conta com solenidade, apresentação de animais e uma degustação de cortes da raça bovina totalmente paranaense, desenvolvida pelo IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater). O evento está marcado para as 17 horas, na Estação de Pesquisa Fazenda Modelo, em Uvaranas.

O Purunã é um bovino composto. Significa, no jargão técnico, uma raça desenvolvida a partir de cruzamentos entre outras raças — neste caso, Charolês, Aberdeen Angus, Caracu e Canchim. O interesse dos pecuaristas por animais Purunã só vem crescendo desde que a raça foi oficializada. Nos últimos 10 anos foram comercializados mais de mil touros, cerca de 10% desse total para fora do Paraná. A raça está hoje presente em todas as regiões, com destaque para os estados do Pará, Piauí, Bahia, Maranhão, Rondônia e Acre.

Os animais mantêm alta produtividade nas mais variadas condições de relevo e de temperatura ambiente, e essa adaptabilidade faz o Purunã uma raça apropriada a qualquer perfil de criador, do mais simples ao mais especializado, para manejo em pasto ou em confinamento.

Além disso, para a indústria de processamento, a raça apresente elevado rendimento da carcaça e a alta qualidade da carne. Esse fato torna possível alcançar uma média de 59% de rendimento de carcaça em animais Purunã machos, contra 54% obtido em outras raças.


Com informações das assessorias

PUBLICIDADE

Recomendados