PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Cooperada integra lista das 100 Mulheres Poderosas da Forbes

Agronegócio

18 de outubro de 2021 18:10

Da Redação


Relacionadas

Frísia é citada como exemplo na COP26 pela redução de CO2

Castrolanda atinge faturamento histórico de R$ 5 bi

Plantio da 1ª safra de milho está encerrada no Paraná

Conab projeta produção recorde na safra 2021/22
PG se prepara para receber a Feira Paraná em 2022
Excesso de chuvas prejudica qualidade do trigo e da cevada
Condições climáticas reduzem produtividade do trigo no PR
Debora Noordegraaf destaca o papel e a dedicação da Comissão Mulher Cooperativista da Castrolanda para fortalecer a presença feminina no agronegócio Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Debora Noordegraaf, cooperada da Castrolanda, está na Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agronegócio

A Castrolanda tem uma representante na Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agro. Debora Noordegraaf, cooperada e Coordenadora da Comissão Mulher Cooperativista, está entre as brasileiras que mostram o lado empreendedor do campo e fortalecem a presença feminina no agronegócio.  

Os nomes foram divulgados na última sexta-feira (15), dia em que foi celebrado o Dia Internacional da Mulher Rural. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1995, para elevar a consciência mundial sobre a importância do protagonismo feminino nas mudanças econômicas, sociais, ambientais e políticas. 

Segundo a Forbes, a lista tem como objetivo homenagear as mulheres que atuam no agronegócio e, para isso, foram selecionadas algumas das que representam o movimento de mudança no campo e se destacam no setor. 

Entre as integrantes da lista, Debora Noordegraaf destaca o papel e a dedicação da Comissão Mulher Cooperativista da Castrolanda para fortalecer a presença feminina no agronegócio. O grupo realiza, há 12 anos, palestras, cursos e diversas ações para trazer cada vez mais mulheres para a Cooperativa. Recentemente, a Comissão foi reconhecida como referência nacional para o Sistema OCB.

“Agradeço o reconhecimento e o carinho de todos. Esses são os frutos de um grupo de mulheres determinadas e dispostas a representar outras mulheres cooperativistas. Nosso trabalho de contribuir com o cooperativismo, trazer mais mulheres para a Cooperativa e formar lideranças femininas no agronegócio é diário Fico muito feliz e grata pelo reconhecimento a nível nacional, isso nos incentiva a seguir com nossas ações”, conta Debora.


As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados