Ibama resgata cobras interceptadas pelos Correios

ARede Insana

21 de junho de 2016 17:01

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Casal vai ao hospital após usar saco plástico como preservativo

Ibama resgata cobras interceptadas pelos Correios

‘Bandido Gato’ vira modelo e faz 1º ensaio após prisão

‘Fonte de vodca’ chama atenção na Geórgia
Polícia procura professora que engravidou de aluno de 13 anos nos EUA
Mulher desce de carro nua em via pública de bairro nobre em Curitiba
Mulher joga dinheiro na rua na Coreia do Sul. E ninguém pega!
Cobras foram interceptadas em Pinhais Foto: Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Duas cobras foram transportadas como encomenda do Canadá até o  Centro de Tratamento Internacional, em Pinhais, onde funcionários dos Correios detectaram a irregularidade.

Ibama e Correios interceptaram no Centro de Tratamento Internacional em Pinhais, através de verificação em aparelho de raio-x, uma encomenda contendo duas cobras vindas do Canadá. Os animais iriam ser entregues no interior do Paraná e encontravam-se bastante debilitados após longo período acondicionados em uma pequena caixa. Eles estavam envoltos em uma meia-calça, junto com bolas de tênis e outros objetos que buscavam confundir as equipes de fiscalização.

As duas cobras chegaram em território brasileiro após uma viagem que dura ao menos doze horas, sendo submetidas a condições de baixas temperaturas no compartimento despressurizado de bagagens da aeronave. O Superintendente do Ibama no Paraná Vinícius Carlos Freire, destacou que a situação mostra a importância do investimento em tecnologia para os órgãos de fiscalização e a parceria entre o Ibama e os Correios. Além disso, ressalta Freire, “mesmo que acostumados em lidar com situações de maus tratos com animais, ficamos chocados com a crueldade e a covardia desse caso.”

A partir dos dados colhidos até o momento, serão adotados os procedimentos necessários para responsabilização dos envolvidos e comunicação à autoridade policial para as devidas investigações. As duas cobras apreendidas foram encaminhadas ao Zoológico de Curitiba para os cuidados veterinários cabíveis. Apesar de os animais terem sido enviados para o Brasil, aparentemente trata-se de exemplares de jiboia, espécie que ocorre no país e figura na lista da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção - CITES .

O Ibama alerta, ainda, que manter animais silvestres sem autorização dos órgãos competentes é crime ambiental, além de alimentar o círculo vicioso do tráfico de animais. Denúncias para o Ibama podem ser feitas através do telefone 0800-61-8080.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede