Museus dos Campos Gerais decidem criar associação

Bom Dia Astral

06 de maio de 2020 15:03

Da Redação


Relacionadas

Confira seu horóscopo para esta Sexta-feira (03/07)

Confira seu horóscopo para esta Quinta-feira (02/07)

Confira seu horóscopo para esta Quarta-feira (01/07)

Confira seu horóscopo para esta Terça-feira (30/06)
Confira seu horóscopo para esta Segunda-feira (29/06)
Confira seu horóscopo para este Domingo (28/06)
Confira seu horóscopo para este Sábado (27/06)
O grupo passa agora a formular um estatuto e ampliar a conversa com outros museus e profissionais interessados Foto: Aline Jasper/UEPG
PUBLICIDADE

Objetivo dos gestores em criar uma associação é o fortalecimento de museus e casas de memória da região

Gestores de museus da região dos Campos Gerais se reuniram por web conferência na última semana para afinar interesses em torno da criação de uma associação que represente o setor. A proposta surgiu do Museu Campos Gerais (MCG), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em parceria com a direção de cultura da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG). Participaram diretores e assessores de instituições de Ponta Grossa, Castro, Palmeira, Ipiranga e Telêmaco Borba.

O objetivo dos gestores em criar uma associação é o fortalecimento de museus e casas de memória da região. “Vamos abordar realidades muito diferentes, museus consolidados e que têm uma tradição, até espaços muito jovens – e é justamente essa diversidade que interessa reconhecer por meio de uma associação”, explica Niltonci Batista Chaves, diretor do MCG. Para o professor, a universidade possui capacidade de oferecer capacitação aos espaços museais e maior inserção de pesquisadores na área.

Já o secretário de Cultura de Palmeira e coordenador da AMCG Cultura, Waldir Joanassi Filho, destacou na reunião online a importância da cooperação entre museus, da troca de informações e experiências, além da divulgação conjunta das ações com vistas ao turismo. O gerente do Centro Cultural Castrolanda (CCC), Rafael Rabbers, ressaltou a relevância de uma associação e frisou a necessidade de um estudo cuidadoso para elaboração do estatuto, uma vez que a instituição deve ser duradoura. “Independente das pessoas, das trocas de comando e direção, a entidade fica, essa é a ideia”, pontua.

O grupo passa agora a formular um estatuto e ampliar a conversa com outros museus e profissionais interessados. Foi definida uma direção provisória, composta por Niltonci Batista Chaves (MCG), Waldir Joanassi Filho (AMCG Cultura) e Samara Lima (CCC). Entre as ações previstas após a criação da associação, ainda neste ano, está a oferta de curso online de digitalização de acervos. Para 2021, a previsão é de realização do primeiro Fórum de Museus dos Campos Gerais. Outra meta dos gestores seria a organização de exposição itinerante conjunta no próximo ano.

PUBLICIDADE

Recomendados