PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Gestores da região criam AMCG Meio Ambiente

Campos Gerais

21 de maio de 2014 19:33

Gabriel Sartini


Relacionadas

Inscrições para a 1ª ExpoIrati estão abertas até 31 de maio

Reserva tem alta procura por vacinas da gripe e tríplice viral

Projeto distribui caixas d’água para 30 famílias em Ipiranga

Klabin inicia operação de planta de ácido sulfúrico
Câmara de Piraí do Sul autoriza aplicação de R$ 6 mi na saúde
Tibagi se torna a Capital do Esporte de Aventura
Crea-PR fiscaliza obras nos Campos Gerais
PUBLICIDADE

Dirigentes de oito municípios da região estiveram na tarde desta quarta-feira em reunião na sede da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG). Na pauta do encontro, as dificuldades em comum encontradas pelos municípios no setor ambiental. “Há muitas questões que podem ser sanadas, ou cobradas em conjunto”, esclarece a secretária do município de Carambeí, Aline Teixeira de Macedo, idealizadora do encontro. Diante do exposto, os gestores decidiram pela criação da AMCG Meio Ambiente. “A Associação já atua desta maneira nos setores de cultura e esportes, e temos ótimos resultados”, explica a diretora administrativa da AMCG, Katiane Pires Ferancini.

No encontro, os gestores já elegeram os coordenadores da AMCG Meio Ambiente. A secretária de Carambeí ficou como coordenadora, o secretário de meio ambiente de Ponta Grossa, Valdenor Paulo do Nascimento, o “Cenoura”, como vice-coordenador e o chefe da Pasta de meio ambiente de Ipiranga, Luiz Francisco da Costa Vaz. O regimento interno do novo grupo deve ser aprovado na próxima reunião agendada para o dia 18 de junho na sede da AMCG.

Como primeira “tarefa” dos gestores, a coordenadora propôs de cada município apresentar suas demandas ambientais, bem como o quadro funcional de suas Secretarias na próxima reunião. “Estamos estudando ainda a criação de um Consórcio Intermunicipal”, revela Aline, destacando a regionalização devido a resolução de número 88 da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) que visa a descentralização das atribuições do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). “Os municípios irão começar a atuar na fiscalização e para isso temos que nos estruturar”, esclarece.

Estiveram no encontro dirigentes dos municípios de Ponta Grossa, Carambeí, Castro, Ipiranga, Ivaí, Palmeira, Porto Amazonas e Telêmaco Borba.

PUBLICIDADE

Recomendados