PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem tem braço e mão amputados a golpes de facão

Campos Gerais

23 de maio de 2014 15:02

Gabriel Sartini


Relacionadas

Caminhões colidem de frente e fecham estrada na região

Acidente com caminhão deixa motorista morto em Piraí

Piraí do Sul tem R$ 8,5 mi para obras de pavimentação

Piraí do Sul tem R$ 8,5 mi para obras de pavimentação
CimSaúde garante a oferta de novas especialidades médicas
Tibagi distribui uniformes para mais de 2,2 mil estudantes
PR exalta R$ 19 bi em investimentos industriais na região
PUBLICIDADE

Um crime bárbaro deixou a população de Cândido de Abreu chocada desde a noite de quinta-feira (22). Um homem teve um dos braços e a mão amputados a golpes de facão pelo ex-marido de sua atual namorada. A cena de selvageria foi registrada por volta das 19h30, na Vila Mariana. De acordo com a Polícia Militar, o autor das agressões fugiu logo após tentar matar o homem e ainda não foi localizado.

Segundo a PM, o autor do crime já foi identificado e invadiu a casa da vítima na noite de ontem, armado com um facão, e desferiu vários golpes contra a vítima. O homem teve ferimentos por todo o corpo, tendo inclusive perdido o braço e a outra mão. Logo após o ataque de fúria, o criminoso fugiu por um matagal e não foi localizado. A vítima foi levada para um hospital em Manoel Ribas em estado gravíssimo.

Ainda conforme a PM, o autor já havia ameaçado a vítima por mensagens de celular há alguns dias. A rixa entre os dois começou quando o homem começou a namorar a ex-mulher do autor. A Polícia Civil investiga os fatos.

 

Homicídio

A pequena cidade de Cândido de Abreu tem vivido dias violentos. Na última terça-feira (20), um homem identificado como Ananias Pereira dos Santos, de 75 anos, foi atingido no peito por tiros de revólver. O crime aconteceu por volta das 20h30 na localidade rural de Marumbi. A esposa da vítima contou aos policiais que dois homens armados invadiram sua casa, atiraram contra a vítima e fugiram em uma motocicleta. A Polícia Civil investiga o caso.

PUBLICIDADE

Recomendados