PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PM apreende mais de 600 pedras de crack

Campos Gerais

05 de junho de 2014 16:43

Gabriel Sartini


Relacionadas

Receita restituirá R$ 25,6 mi a contribuintes da região

Rebouças terá programa de incentivo ao primeiro emprego

Jaguariaíva entrega 150 novos notebooks o setor de ensino

Seminário em Castro apresenta experiências educacionais
Ivaí amplia o abastecimento de água com apoio da Sanepar
Tibagi abre pista de canoagem avaliada em R$ 1,2 milhão
Irati terá investimento de R$ 5 milhões em obras públicas
PUBLICIDADE

Policiais militares da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (8ª CIPM) de Irati, com apoio do Canil de Ponta Grossa, resultou na prisão de três suspeitos de tráfico de drogas na cidade de Imbituva, na região dos Campos Gerais. Os policiais cumpriram três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça da cidade e apreenderam mais de R$ 4,6 mil em dinheiro e cheques, além do equivalente a 600 pedras de crack.

Em uma das casas onde foram cumpridos os mandados, as equipes encontraram 134 gramas de crack já divididas em pedras menores. Também foram encontrados quatro gramas de maconha, seis celulares, R$ 2.249 em dinheiro, um cheque de R$ 2,1 mil, uma balança de precisão e um revólver calibre 38 com onze munições. Um rapaz de 29 anos foi detido.

Em outra residência, foi encontrada mais uma balança de precisão e três aparelhos celulares. Embaixo de uma das camas, o cão farejador do Canil do 1º BPM localizou mais oito pedras de crack. Foi detida uma mulher de 33 anos.

Na terceira casa vistoriada, os policiais localizaram mais 46 pedras de crack, R$ 286 em dinheiro, um notebook e um celular, resultando na prisão de uma mulher de 31 anos de idade. Os policiais apreenderam ainda, na última residência, pequena quantidade de maconha e alguns produtos de origem duvidosa, como lixadeira, furadeira, serra. O homem de 43 anos que estava no local foi encaminhado para a delegacia para lavratura de Termo Circunstanciado.

No total, três pessoas foram conduzidas à delegacia da Polícia Civil de Imbituva de deverão responder pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e munições, e ainda terão que justificar os valores encontrados em suas casas.

PUBLICIDADE

Recomendados