PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Pai marca encontro com pedófilo que aliciava seu filho

Campos Gerais

06 de junho de 2014 19:23

Gabriel Sartini


Relacionadas

Piraí do Sul assegura R$ 8,5 mi para obras de pavimentação

Piraí do Sul tem R$ 8,5 mi para obras de pavimentação

CimSaúde garante a oferta de novas especialidades médicas

Tibagi distribui uniformes para mais de 2,2 mil estudantes
PR exalta R$ 19 bi em investimentos industriais na região
Prefeito Douglas reduz valor das próprias diárias em Ipiranga
Motorista morre após grave acidente em Piraí do Sul
PUBLICIDADE

Um homem inconformado com o assédio sobre seu filho decidiu enganar um suposto pedófilo e marcou um encontro com o rapaz, de 20 anos. O pai deu uma surra no aliciador e chamou a polícia, mas pode ser processado por agressão. O caso aconteceu em Arapoti, na região dos Campos Gerais, na noite de quinta-feira (5).

A Polícia Militar foi acionada por volta das 23h30 para atender a uma situação de lesão corporal. No local, eles constataram que o pai de um garoto de 10 anos se passou pelo filho durante uma conversa pelo Facebook para marcar um encontro com um suposto pedófilo. Nas conversas, o homem dizia obscenidades e insistiu para conhecer o menino pessoalmente.

O pai do garoto marcou um lugar e se encontrou com o pedófilo. Descontrolado, o pai agrediu o suspeito e chamou a polícia. O aliciador foi identificado como um rapaz de 20 anos e foi levado até o hospital de Arapoti para realização do Laudo de Lesões Corporais.

Apesar de ter sido preso em flagrante pelo artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente – aliciar, assediar, instigar ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso –, o pedófilo disse que vai processar o pai do menino pelas agressões sofridas.

PUBLICIDADE

Recomendados