PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Polícia pede exumação de criança espancada

Campos Gerais

30 de junho de 2014 21:05

Afonso Verner


Relacionadas

Motorista fica ferida após capotar carro na PR-151

Colisão frontal na BR-277 deixa três pessoas feridas

Colisão deixa trânsito lento na BR-376 entre Curitiba e PG

Motociclista morre após acidente na BR-373 em Imbituva
Andarilho morre atropelado na rodovia BR-376
Região tem três das 10 cidades que mais exportam no Paraná
Imbaú garante R$ 1,6 milhão para o setor de infraestrutura
PUBLICIDADE

O delegado Mário Sergio Bradock, responsável pela 43ª Delegacia de Polícia de Castro, abriu um inquérito para investigar supostas agressões sofridas por uma criança moradora da cidade. A vítima tinha 12 anos e faleceu na última quinta-feira (27)- Bradock vai pedir que o corpo seja exumado já que o cadáver não foi analisado pelo Instituto Médico Legal (IML) para que o motivo da morte fosse identificado.

O pedido foi motivado por denúncias recebidas pela Polícia Civil de que a criança teria sido espancada. Segundo os pais da criança, ela teria sido encontrada já desfalecida no banheiro de casa. Então a vítima foi levada para o Hospital Ana Fiorillo Menarin, em Castro, e depois transferida para o Hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa.

Já no Bom Jesus a criança não resistiu e acabou falecendo - segundo Bradock, o corpo deveria ter passado pelo IML para que o causa da morte tivesse sido esclarecida corretamente e não levado direto para a funerária. O delegado contou que vai abriu um inquérito para apurar o caso e vai pedir a exumação e autópsia do corpo.

O nome  das vítimas e dos país, suspeitos da agressão, não foram divulgados pelo delegado.

PUBLICIDADE

Recomendados