Jaguariaíva recebe licença para projeto de moradia para idosos

Campos Gerais

14 de março de 2019 16:32

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Acidente entre caminhão e ônibus deixa quatro feridos

Jaguariaíva amplia incentivos A microempreendedores

Telêmaco faz ações contra trabalho infantil e mendicância

Tibagi promove Conferência sobre Segurança Alimentar
Prefeitura de Piraí cederá área para obra de novo Fórum
Prefeitura de Castro implanta rota para veículos pesados
Homem morre após bater em manilhas na PR-340
Autorização foi dada na manhã desta quinta-feira e o prefeito José Sloboda participou da cerimônia Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Jaguariaíva é um dos 15 municípios paranaenses contemplados com mais 872 casas populares liberadas pelo Governo do Estado

As 872 casas somam investimentos de R$68,8 milhões, oriundos do Tesouro Estadual e de financiamentos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e FGTS, em parceria com o governo federal e prefeituras. Elas serão feitas também em Bituruna, Cambará, Cantagalo, Fernandes Pinheiro, Foz do Iguaçu, Jandaia do Sul, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Novo Itacolomi, Piraquara, Rebouças, Sengés, Teixeira Soares e Wenceslau Braz.

Em Jaguariaíva o contrato incluiu 40 unidades integradas ao Projeto Morar Bem Paraná Terceira Idade. “Estamos trabalhando nisso há algum tempo em conjunto com o Governo do Estado e com ele Jaguariaíva sai na frente, sendo pioneira na instalação, inclusive com ajuda na elaboração do projeto. Nosso propósito com esta iniciativa é atender àqueles que durante muitos anos de sua vida não tiveram a oportunidade de adquirir a sonhada moradia digna”, pontua o prefeito José Sloboda.

Conforme Sloboda, com a ordem de serviço assinada na manhã desta quinta-feira (14), a empresa já está autorizada a iniciar a obra. Essas 40 habitações em Jaguariaíva ficarão em um condomínio horizontal no Loteamento Portal do Sertão. Elas serão projetadas para pessoas solteiras ou casadas e poderão ser usadas pelos idosos enquanto eles necessitarem. O local terá portaria, praça, horta comunitária, área de convivência e estrutura para atendimentos públicos de saúde, social e de lazer. O interessado deve ter renda mensal de até cinco salários mínimos.

O investimento será de R$3,8 milhões e, para dar celeridade à obra, a prefeitura inclusive já destinou à Cohapar a área para a construção e também houve a limpeza necessária para os primeiros trabalhos. “O terreno, que fica próximo à Estação de Tratamento de Água do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), recebeu preparo preliminar para construção do condomínio, que será de responsabilidade da Construtora Pizollato, empresa vencedora da licitação”, informa Paulo Puquevis, diretor do Departamento Municipal de Habitação do município. Entre os presentes na cerimônia onde o governador Ratinho Junior assinou a autorização para o contrato esteve o deputado estadual Alexandre Curi e o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.


Mais casas 

A construção das 40 moradias para idosos em Jaguariaíva faz parte do maior pacote de investimentos em habitação popular do município. Além delas, a prefeitura de Jaguariaíva finaliza a construção de 200 unidades habitacionais pelo FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) e dá andamento ao processo de viabilização mais 358 casas, financiadas pelo interessado através da Caixa Econômica Federal (CEF), com recursos do FGTS, e subsídio da prefeitura e Cohapar. Já foram finalizadas 29 casas populares na área rural e tem em andamento a regularização fundiária para mais de 900 famílias. Mais informações podem ser obtidas no Departamento Municipal de Habitação, situado na Estação Cidadão Agente Durvalino de Azevedo, Praça Getúlio Vargas, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h.


Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede