Fiep exalta benefícios com investimento no aeroporto

Campos Gerais

21 de maio de 2019 21:19

Fernando Rogala


Relacionadas

IML identifica homem morto com golpes de facão em TB

Vítima de acidente de moto é transferida de helicóptero

Rompimento de adutora deixa bairros de Ipiranga sem água

Homem morre após levar golpes de facão na cabeça
Jovem morre no hospital após ser espancado em Tibagi
Pedestre é atropelado ao parar para ver acidente
Centro Cultural Castrolanda realiza “Carnazumba”
Aporte prevê a construção de um novo terminal de passageiros, ampliação e reforma do pátio para aeronaves na cidade Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Investimento de R$ 35 milhões será licitado pelo município com recursos do Governo Federal


Os aeroportos paranaenses receberão mais de R$ 140 milhões para a realização de obras de melhorias. Parte deste valor virá para Ponta Grossa, para a construção de um novo terminal de passageiros, ampliação e reforma do pátio para estacionamento de aeronaves e a construção de uma nova pista para taxiamento no Sant’Ana. São R$ 35 milhões em obras, que estão prestes a ser licitadas pelo município. Melhorias que permitirão maior fluxo de passageiros e mais voos, com a implantação do sistema de Voo por Instrumentos (IFR).

Além dos benefícios para toda a população da região, que pode voar de Ponta Grossa para qualquer lugar do mundo, a soma dessas melhorias traz uma vantagem competitiva na atração de indústrias. É um fator a mais em uma região já tão visada pelas empresas por inúmeros outros fatores. “O aeroporto é estratégico para o desenvolvimento e para a atração de grandes empresas. Toda empresa que vem se instalar pergunta se tem aeroporto, então é um passo muito grande”, explica Darcy Miara Júnior, diretor da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) em Ponta Grossa. 

Ponta Grossa retomou os voos regulares em outubro de 2016, e desde então conta com voos diretos para Campinas. Houve a interrupção apenas para a reforma da pista, no ano passado, por cerca de um mês. Agora, há o avanço nas melhorias, que poderão trazer ainda mais pontos positivos para a movimentação econômica da região. “Esse investimento, aumentando o terminal de passageiros, permitirá um fluxo maior. Toda essa logística trará muitos ganhos para Ponta Grossa, Tibagi, Castro, Piraí e toda a região”, completa Darcy Miara. 

Soma-se a isso o fato de que os voos estão com alta ocupação. “A viabilidade é enorme. De acordo com o gerente do aeroporto, o Victor [Hugo de Oliveira], hoje está com a falta de vagas: todos os voos saem lotados. Então a companhia aérea terá um ótimo retorno”, completa o diretor da Fiep. Hoje o município possui quatro voos semanais (segunda, quarta, sexta e domingo), todos entre Ponta Grossa e Campinas. 


Telêmaco Borba

Conforme informações reveladas pela Fiep, o aeroporto existente em Telêmaco Borba tem o potencial de integrar a rede estadual de aeroportos. Caso isso venha a acontecer, é mais um diferencial da região. “É uma região que tem muito a se desenvolver, especialmente com os investimentos realizados pela Klabin. Com o novo investimento, vem outras empresas relacionadas ao setor, então toda a estrutura é bem-vinda. A nossa região está muito bem no Estado e o Paraná está muito bem no Brasil”, conclui Miara.


-->
PUBLICIDADE

Recomendados