Sandro recebe projetos da região e garante obras

Campos Gerais

23 de maio de 2019 20:24

Fernando Rogala


Relacionadas

Homem é baleado em confronto com a PM em Piraí do Sul

Telêmaco Borba convoca aprovados em concursos

Gestores apresentam uso de TI no combate à Covid-19

PRF atende acidente com veículo carregado de cigarros
Policiais apreendem explosivos e ‘miguelitos’ em Tibagi
Casa do Castrense Empreendedor recebe Selo
Moradores de Palmeira podem opinar em enquete online
Sandro Alex reuniu-se com prefeitos da região nesta quinta-feira em Ponta Grossa Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Em reunião da AMCG nesta quinta, Secretário de Estado afirma  que o governo do Paraná  fará uma avaliação de quais obras serão as priorizadas 

O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, participou nesta quinta-feira (23) da reunião dos prefeitos da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), em Ponta Grossa. Entre os assuntos abordados, estiveram as obras que devem ser realizadas nas rodovias da região. “Estou secretário do Governo, mas continuo apoiando a minha região”, reafirma. Após redesenhar o Anel de Integração, que de 2.600 passou a 4.100 quilômetros, o Governo Estadual fará uma avaliação de quais obras são prioritárias. “Estamos verificando quais os trechos que tiveram mais vítimas fatais. E é neles que daremos início”, contou o secretário.

Dentro desta avaliação, Sandro já sinalizou que a BR-376 (Rodovia do Café) terá grande volume de investimentos. “Dezesseis cidades do estado concentram metade dos acidentes de todo o Paraná, e grande parte acontece nesta rodovia”, disse. Quanto ao aumento do Anel de Integração, Sandro explicou que envolveu o Governo Federal, incluindo as BR’s para que o valor de disputa seja o melhor possível. “Estamos pensando na menor tarifa, com um volume maior conseguimos reduzir as tarifas de pedágio em 50%, e ainda com obras incluídas”, antecipa.

O secretário ressaltou que os recursos provenientes do acordo de leniência feito pela CCR Rodonorte e Ministério Público do Estado impossibilita que todas as obras sejam incluídas. “Com R$ 700 milhões poderíamos fazer diversas obras, mas com R$ 350 milhões, não”, explica, destacando que como secretário ele só foi comunicado do acordo.

Durante o encontro, diversos prefeitos aproveitaram para apresentar seus pedidos, alguns já com projetos realizados. “Vamos sinalizar para o secretário o que é de mais urgente para a nossa região”, destacou o presidente da AMCG, o prefeito de Telêmaco Borba Marcio de Mattos. Além das rodovias, ele citou a questão da segurança dos municípios, “que está complicadíssima”. Sandro Alex se colocou a disposição para levar todas as demandas ao Governo.

Ainda no encontro, o secretário de infraestrutura e logística anunciou que Ratinho Junior investirá R$ 300 milhões para formar um banco de projetos estruturantes para o Governo do Estado. “O governador está pensando no futuro do Estado. Não conseguiremos executar todos estes projetos estruturantes, mas vamos deixá-los prontos”, exultou Sandro.


Governador virá a Ponta Grossa

Além dos pedidos junto à Secretaria, os prefeitos da AMCG solicitaram agenda com o governador do Estado. Ratinho Junior estará em Ponta Grossa no próximo dia 29 de maio, às 16 horas, para inaugurar a terceira fase de expansão da Cozinha Industrial do Grupo Madero. Sandro Alex já adiantou que no mês de setembro Ratinho Jr deve retornar à Ponta Grossa, e dessa vez com toda a sua estrutura de Governo. “O objetivo é valorizar as regiões. Todos os órgãos estarão no município para atender a região com anúncios e inaugurações”, antecipa.


Informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados