Médico que levou tiro na cabeça morre no hospital

Campos Gerais

07 de junho de 2019 08:53

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Prazo para Alistamento encerra-se neste domingo em Telêmaco

Cai número de acidentes no feriado de Corpus Christi

Governo reconhece Parque Histórico por fomentar turismo no Estado

PHC busca recursos do Estado para novos projetos
Carro sai da pista e bate contra árvores na BR-277
Motociclista sofre fratura exposta em acidente
Filho dá facada na própria mãe após discussão
Médico era bastante conhecido em Castro e sua morte gerou comoção e revolta nos moradores Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Luiz Felipe Fiorillo chegou a ser socorrido e foi transferido ao Hospital Geral da Unimed, mas não resistiu aos graves ferimentos

Foi confirmada na manhã desta sexta-feira (7) a morte do médico castrense Luiz Felipe Fiorillo, aos 66 anos. Ele levou um tiro na cabeça durante uma suposta tentativa de assalto na noite de quinta-feira (6) em uma clínica no centro da cidade de Castro (região dos Campos Gerais).

O crime aconteceu por volta de 21h30 e o médico chegou a ser socorrido com vida pelo Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas devido à gravidade dos ferimentos, precisou ser transferido para o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. Apesar da agilidade no atendimento, ele não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas viram um Fusca azul deixando o local do crime poucos segundos após ouvirem o disparo. A polícia ainda não encontrou os suspeitos de cometerem o crime e o caso segue sob investigação pela Polícia Civil. Ainda não foram divulgadas informações sobre local e horário de velório e sepultamento.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede