Médico que levou tiro na cabeça morre no hospital

Campos Gerais

07 de junho de 2019 08:53

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Jaguariaíva revitaliza Praça Isabel Branco

Cras de Carambeí promove aulas de artesanato

Palmeira será contemplada com o projeto 'Contem Arte'

Vereador de Prudentópolis morre em Curitiba
Empresários de Palmeira participam de talk show
Lobo Guará é resgatado na BR-277 após acidente
Prefeito de Jaguariaíva debate fomento no setor de Turismo
Médico era bastante conhecido em Castro e sua morte gerou comoção e revolta nos moradores Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Luiz Felipe Fiorillo chegou a ser socorrido e foi transferido ao Hospital Geral da Unimed, mas não resistiu aos graves ferimentos

Foi confirmada na manhã desta sexta-feira (7) a morte do médico castrense Luiz Felipe Fiorillo, aos 66 anos. Ele levou um tiro na cabeça durante uma suposta tentativa de assalto na noite de quinta-feira (6) em uma clínica no centro da cidade de Castro (região dos Campos Gerais).

O crime aconteceu por volta de 21h30 e o médico chegou a ser socorrido com vida pelo Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas devido à gravidade dos ferimentos, precisou ser transferido para o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. Apesar da agilidade no atendimento, ele não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas viram um Fusca azul deixando o local do crime poucos segundos após ouvirem o disparo. A polícia ainda não encontrou os suspeitos de cometerem o crime e o caso segue sob investigação pela Polícia Civil. Ainda não foram divulgadas informações sobre local e horário de velório e sepultamento.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede