Polícia descarta ação de ladrões em morte de médico

Campos Gerais

07 de junho de 2019 13:40

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Prazo para Alistamento encerra-se neste domingo em Telêmaco

Cai número de acidentes no feriado de Corpus Christi

Governo reconhece Parque Histórico por fomentar turismo no Estado

PHC busca recursos do Estado para novos projetos
Carro sai da pista e bate contra árvores na BR-277
Motociclista sofre fratura exposta em acidente
Filho dá facada na própria mãe após discussão
Luiz Felipe Fiorillo, 66, foi ferido com tiro na cabeça, dentro do próprio consultório Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Luiz Felipe Fiorillo, 66, foi ferido com tiro na cabeça, dentro do próprio consultório. Unimed de Ponta Grossa emite nota de pesar 

A Polícia Civil de Castro, na região dos Campos Gerais, instaurou inquérito para apurar a morte do médico Luiz Felipe Fiorillo, 66, ocorrida na noite de quinta-feira (06), na Rua General Câmara, centro do município. Ele estava em seu consultório particular, quando levou um tiro na nuca. Testemunhas disseram que escutaram dois disparos e viram um Fusca azul fugindo em alta velocidade pela contramão. Nenhum objeto de valor foi levado da clínica.

A Polícia Militar disse que chegou ao local e encontrou Luiz Felipe caído no chão agonizando. O Corpo de Bombeiros foi acionado e a vítima encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento –UPA.  Ela sofreu uma perfuração na região do osso occpital e traumatismo cronioencenfalico. Devido à gravidade do ferimento, foi encaminhada ao Hospital Unimed em Ponta Grossa, onde não resistiu e entrou em óbito.

As autoridades do município seguem empenhadas nas buscas de informações que possam levar aos autores do crime. A 43ª Delegacia Regional de Polícia Civil, responsável pelo caso, informou que descartou a hipótese de roubo. “Estamos tratando o caso como homicídio, até porque não há indícios de roubo, não foi levado nada da vítima. A nossa linha de investigação e potenciais suspeitos estão em sigilo”, informou o superintendente da Polícia Civil, Ricardo Santos. As informações são do Blog de Castro
.

Unimed emite nota de pesar

'É com grande pesar que a Unimed Ponta Grossa e o Hospital Geral Unimed vêm a público lamentar o falecimento do médico cooperado Dr. Luiz Felipe Fiorillo, ocorrido nesta madrugada, em Ponta Grossa.  O médico atendia na cidade de Castro e era cooperado desde 1996. A cooperativa presta as homenagens e externa as condolências a todos os familiares e amigos'.

 

 

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede