Homem ameaça esposa e os filhos e é morto pela PM

Campos Gerais

16 de junho de 2019 14:33

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Ultrapassagem proibida acaba em morte na BR-277

Operação conjunta detém dez suspeitos de roubos

Romeiro viaja 1600 km de mula para conhecer Santuário

Rapaz procura hospital após levar tiro no rosto
Batida entre caminhões interdita trânsito na BR-153
Aline Sleutjes conquista R$ 11 milhões para Castro
Festival Multicultural de Castro atrai 3 mil pessoas
Vítimas foram feitas reféns pelo homem transtornado dentro da própria casa Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Suspeito ameaçava as vítimas com uma faca e manteve a família refém durante várias horas, segundo a polícia

Um homem foi morto pela polícia depois de render e ameaçar de morte a própria família. O caso foi registrado na cidade de Jaguariaíva (região dos Campos Gerais) na madrugada deste domingo (16). Ele usou uma faca para ameaçar as vítimas e foi atingido por um tiro em um rápido momento em que um policial percebeu a oportunidade de salvar a vida da mãe e dos filhos.

De acordo com a PM, o suspeito de 36 anos fez a esposa e os três filhos reféns dentro da própria casa. Armado com uma faca, ele dizia que ia matar toda a família se o cunhado dele não comparecesse ao local. De acordo com a polícia, o homem disse ter sido agredido pelo irmão da esposa e exigia que a polícia levasse ele até a casa do cunhado.

A equipe da polícia tentou negociar durante várias horas com o autor, mas ele se recusava a se render e liberar as vítimas. Até que ele tirou metade do corpo para fora da casa para expelir a fumaça do cigarro e foi atingido por um tiro disparo por um policial que estava posicionado e preparado para agir.

O Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros ao homem ainda no local, mas ele não resistiu e morreu logo em seguida. Na cintura dele havia outras duas facas. Peritos da Polícia Científica colheram provas no local da ocorrência e o corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa. A esposa e os filhos saíram sem lesões físicas.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede