Jaguariaíva amplia incentivos A microempreendedores

Campos Gerais

17 de junho de 2019 15:45

Da Redação


Relacionadas

Lions Clube presta auxílio para famílias de Carambeí

Caminhão com frutas e verduras tomba na PR-151

Jaguariaíva realiza final do 3º Concurso Receitas Criativas

Saúde de Castro entrega novo módulo na Lagoa dos Alves
PRF apreende 440 garrafas de vinho na região de Irati
Senai abre portas de unidades da região nesta quinta e sexta
TCE multa ex-prefeito de Castro por contas irregulares
Arte e Tapepuffs é uma empresa do município que faz parte deste ramo e recebeu incentivos da prefeitura para o seu crescimento Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Desde janeiro deste ano, a Sala do Empreendedor do município já realizou 1009 atendimentos

A cada ano que passa, com novos empregos surgindo e outros ficando no passado, o empreendedorismo vem ganhando força como uma saída para o desemprego e a informalidade.

No entanto, empreender exige planejamento e preparo, para que o sonho de abrir o próprio negócio não se torne um pesadelo.

Em Jaguariaíva, o poder público tem dado este subsídio para quem deseja empreender. Com uma equipe especializada e parcerias com entidades como o Sebrae e a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo (SMICT) tem disponibilizado aos novos empreendedores chances de capacitação e até concessão de uso de espaços, para incentivar atividades rentáveis para o empresário, favorecendo assim, a geração de renda e empregos.

A Arte e Tapepuffs é um exemplo de empreendimento que nasceu dos incentivos da prefeitura. Criada há três anos pelo casal João da Silva Neto e Maria Helena Cesarino da Silva, a microempresa de fabricação e reforma de estofados e móveis similares se tornou responsável pela geração de renda da família, como conta João. “Eu sempre me identifiquei com a área de tapeçaria, e há três anos resolvi transformar essa afinidade em uma forma de renda”, afirma.

João ainda conta que os cursos e assessorias que recebe através da Sala do Empreendedor são primordiais para o seu negócio, proporcionando a ele capacitações e novas formas de comprar e vender. Ele afirma que, mesmo sem capital de giro inicial, o apoio que recebeu do município, somado à sua busca pelo conhecimento, foi o combustível ideal para que investisse na Arte e Tapepuffs. “Agradeço a todos que protagonizaram esta conquista, a administração pública que nos deu incentivos como concessão do espaço onde estamos hoje, isto nos permitiu sonhar e em breve vamos ampliar construindo um barracão de produção no quintal da nossa casa, onde estamos hoje será destinado apenas à loja”, projeta João.

Questionada sobre como obter sucesso na hora de empreender, Maria Helena afirma que um dos principais pontos é não desistir diante das adversidades. “Todo negócio tem altos e baixos, precisamos estar preparados para os dias ruins, porque assim como eles vem, os dias bons também vem. Uma dica é sempre escolher algo que você faz bem, apostar no seu talento e conquistar a clientela todos os dias, ter jogo de cintura e valorizar o trabalho”, completa.

De janeiro a maio deste ano, a Sala já fez 1009 atendimentos, incentivando a abertura de novos negócios e auxiliando nos empreendimentos que já estão em andamento. A parceria com o Sebrae também garante que mensalmente sejam realizadas palestras, cursos e oficinas voltadas ao público em geral.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização