Tropeiros escolhem Jaguariaíva como ponto de parada turística

Campos Gerais

11 de julho de 2019 15:20

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Ultrapassagem proibida acaba em morte na BR-277

Operação conjunta detém dez suspeitos de roubos

Romeiro viaja 1600 km de mula para conhecer Santuário

Rapaz procura hospital após levar tiro no rosto
Batida entre caminhões interdita trânsito na BR-153
Aline Sleutjes conquista R$ 11 milhões para Castro
Festival Multicultural de Castro atrai 3 mil pessoas
PUBLICIDADE

O grupo está refazendo o trajeto entre a cidade de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, e Barretos em São Paulo

Nesta semana Jaguariaíva recebeu a visita de um grupo de tropeiros, moradores de São Paulo, que estão refazendo a rota dos tropeiros no Sul e Sudeste do Brasil, em um projeto batizado de 'Resgatando a tradição de Cruz Alta a Barretos'.

Glaucio Gomes Nascimento, o filho João Gabriel de Oliveira Nascimento, de 10 anos, o irmão Haroldo Gomes do Nascimento e o amigo da família Gustavo Pereira Paloni estão juntos nesta 'empreitada', com destino a Barretos. A visita foi acompanhada pelo secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Pedro Delgado, também do diretor de Turismo Edson Luiz Scherer e do secretário de Comunicação Social, José Amilton Romão.

O trajeto de Glaucio e Haroldo começou em Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, de onde já percorreram cerca de 1.500 km até a parada em Jaguariaíva, município em que o grupo fez questão de fazer uma parada de três dias por remeter às tradições da cultura tropeira.

Devido à escola e as aulas na universidade, Gustavo e João Gabriel embarcaram depois dos irmãos Nascimento, mas estiveram juntos na visita às terras jaguariaivenses, onde conheceram pontos turísticos do município como o Lago Azul, a Pedra da Santa, Vale do Codó e o famoso reduto dos tropeiros, o Parque Rui Cunha, preservado baú de tesouros para os amantes do tropeirismo.

A peregrinação começou no dia primeiro de junho e está sendo feita com quatro mulas e um caminhão de apoio. De acordo com Glaucio, intervalos a cada 45km de cavalgada foram estabelecidos, para não esgotar a tropa.

O líder da tropa garante que no próximo ano trará mais 35 mulas e outros tropeiros para refazer o trajeto e passar novamente por Jaguariaíva, onde ele deseja criar um ponto de encontro de tropeiros de todo Brasil.

Munidos com câmeras e com mais de 1,3 mil expectadores no Instagram, Glaucio registra todos os momentos da viagem na rede social e não poupou elogios para as belezas das terras jaguariaivenses.

A peregrinação deve terminar no dia 13 agosto, quando chegam em Barretos para a tradicional festa do peão.

O empresário do ramo de hortifruti segue viagem colecionando histórias e, entre elas, estará Jaguariaíva, a melhor do Paraná.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede