Telêmaco Borba promove caminhada de alerta ao suicídio

Campos Gerais

10 de setembro de 2019 18:40

Da Redação


Relacionadas

Descarte incorreto de lixo preocupa autoridades em Tibagi

Foto de vaca transportada em carro viraliza nas redes sociais

Policias detêm carro com mais de 150 KG de drogas

Tibagi apresenta projeto de monitoramento para polícia
Porto de Paranaguá embarca maior carga de celulose
Funcionário público é morto no local de trabalho em Imbaú
Investimento da Klabin gerará 1,5 mil vagas até dezembro
PUBLICIDADE

Segundo dados da OMS, o suicídio é o único dado de morte que não obteve redução, nos últimos 50 anos

A caminhada de mobilização em prol da prevenção ao suicídio, promovida pelo Centro de Atenção Psicossocial de Telêmaco Borba (CAPS), reuniu aproximadamente 120 pessoas nesta terça-feira (10).

A caminhada faz parte da campanha 'Setembro Amarelo' que vai desenvolver, durante todo o mês, diversas atividades de alerta e prevenção contra o suicídio.

Com faixas, cartazes, bandeiras, apitos e balões os participantes saíram do CAPS e percorreram a Avenida Paraná, Chanceler Horácio Laffer retornando para o CAPS e encerrando com os participantes soltado os balões.

A terapeuta ocupacional e coordenadora do CAPS, Cristina Antunes de Almeida, frisou a importância do alerta. “A caminhada teve a intenção de chamar a atenção da população para o problema”, destacou.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o suicídio é a única causa de mortalidade que não teve redução no número de casos nos últimos 50 anos. Porém, mesmo que o assunto ainda seja tabu, a divulgação de informações sobre o tema é uma das principais formas de combater o problema.

A campanha Setembro Amarelo, criada em 2014 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), tem o intuito de conscientizar sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo de alertar toda a população sobre o assunto.

Os dados são alarmantes. Segundo o CVV, 32 brasileiros se suicidam por dia no país, taxa superior às mortes causadas por câncer e Aids.

De acordo com a OMS, nove em cada dez casos poderiam ser prevenidos. E, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 e 29 anos de idade, com mais de 800 mil casos por ano em todo o mundo.


Participantes

Participaram da caminhada o secretário municipal de Saúde Ede Pukanski, servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pacientes do CAPS, alunos do Colégio Wolf Klabin do curso de enfermagem e comunidade.  

 

Contatos telefônicos para ajuda

Centro de Atenção Psicossocial – 3904-1486/3904-1824

Unidades Básicas de Saúde – Buscar a UBS mais próxima no seu bairro

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) - 192

Centro de Valorização da Vida (CVV) – 188


Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede