Telêmaco Borba confirma segundo caso da covid-19

Campos Gerais

31 de março de 2020 11:39

Da Redação


Relacionadas

Igrejas e templos reabrem em Palmeira a partir de segunda

Motorista morre em acidente na BR-277, em Palmeira

Arrecadação federal tem queda de 42% na região em abril

Eventos cancelados deixam de movimentar R$ 300 mi na região
Receita Federal irá restituir R$ 7,8 mi neste mês na região
PM recupera carro roubado de casal em Palmeira
Projeto de professora da região recebe prêmio nacional
Prefeitura organizou coletiva de imprensa para anunciar segundo caso confirmado Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Paciente tem quadro de saúde considerado estável e segue o tratamento em isolamento domiciliar

A Prefeitura de Telêmaco Borba, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a 21ª Regional de Saúde, anunciou nesta segunda-feira (30) que o município registra o segundo caso confirmado da covid-19.

Quem anunciou o caso foi o secretário Municipal de Saúde, Ede Pukanski. Ele disse que foi comunicado sobre a confirmação no fim da tarde e não revelou mais detalhes sobre o caso, dizendo apenas que o paciente tem o quadro de saúde estável e segue em isolamento domiciliar fazendo o tratamento.

Estiveram presentes na coletiva, além do secretário, o prefeito, Dr. Márcio Matos; a vice-prefeita Rita Mara Araújo; o diretor da 21ª Regional de Saúde, Cleverton Soares; a chefe da Seção de Vigilância Sanitária, Kátia Cristiane de Almeida Alves e a médica Circe Lourenço Nunes.

Em seu discurso, o prefeito Márcio Matos afirmou que tem visto a questão do coronavírus na cidade com muita seriedade. “Nós não estamos brincando de fazer política, estamos sendo coerentes com as recomendações que temos do mundo inteiro. Muitas cidades no mundo não tomaram essa posição e pagaram muito caro por isso. Nós sabemos das nossas responsabilidades”, afirmou Dr. Márcio, acrescentando que está conversando com prefeituras da região para fazerem uma força conjunta para que sejam usados os respiradores que estão no Hospital Universitário da UEPG, em Ponta Grossa.

O secretário de Saúde falou que a questão do isolamento social tem surtido efeito. “Nós estamos seguindo os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS). Estamos tomando ações juntamente com o estado afim de tomarmos medidas de contingência. Estamos construindo uma barreira para evitar o vírus. Se ela se mantiver firme com as pessoas dentro de casa, ela surtirá efeito, se rompermos essa barreira e o povo não ficar em casa, teremos consequências que podem ser catastróficas”, opinou.

Pukanski também garantiu que a Prefeitura tem trabalhado para trazer mais material para os hospitais da cidade e fazer adequações no Instituto Doutor Feitosa, prevendo mais atendimentos referentes ao coronavírus. Sobre a abertura do comércio, o secretário foi enfático em dizer que ainda não tem dados epidemiológicos que permitam a abertura, e que está estudando adequações nos decretos.

Com informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados