Ex-vereador envolvido em assassinato é preso

Campos Gerais

08 de maio de 2020 16:10

Da Redação


Relacionadas

Bandidos roubam malote em Tibagi; veja imagens

Carambeí libera comércio neste fim de semana

Tibagi confirma primeiro óbito por Coronavírus

Trabalhadores do delivery fazem ‘buzinaço’ em Irati
PM realiza operação em cidades dos Campos Gerais
Jaguariaíva amplia distribuição de água na zona rural
Comércio de Carambeí abre neste final de semana
Foto:
PUBLICIDADE

Informação foi confirmada nesta tarde pela Polícia Civil de Ponta Grossa


Matéria atualizada

O vereador cassado da cidade de Ivaí, Luisir Lobacz, conhecido pelo apelido de Kiko, foi localizado e preso na tarde desta sexta-feira (08), na cidade de Canoinhas, em Santa Catarina. Ele estava escondido em uma quitinete. A informação da detenção foi confirmada pela chefia da 13ª SDP. Acusado da morte do empresário Everaldo Manfron, o político está com a preventiva decretada.

De acordo com informações da Polícia Civil, após extenso trabalho investigativo, em que foram realizadas diligências em diversos Estados brasileiros, com a confirmação de que Luisir estaria em Santa Catarina, na quinta-feira (7), policiais civis de Imbituva e Ponta Grossa se deslocaram até Canoinhas, onde com excepcional apoio da equipe policial civil local iniciaram diligências visando a prisão de Luisir.

Luisir Lobacz é acusado de ter matado a golpes de faca o comerciante Everaldo Manfron, no dia 25 de janeiro de 2020, no Supermercado Manfron, na cidade de Ivaí, na região dos Campos Gerais, e desde 27 de janeiro é considerado foragido da Justiça. As investigações foram conduzidas pelo delegado de Imbituva, Luís Gustavo Timossi.

Luisir foi indiciado pela prática do crime de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e por impossibilidade de defesa da vítima, bem como pela prática do crime de receptação, por ter sido encontrado em sua residência um colete a prova de balas sem origem conhecida. O Ministério Público, concordando com a conclusão das investigações, denunciou Luisir pela prática dos referidos crimes. Com a prisão, se encerram os trabalhos da Polícia Civil.

O advogado Fernando Madureira, que representa Luisir Lobacz, informou que seu cliente somente vai prestar depoimento sobre os fatos em Juízo. "Informou ainda, que o pedido de Habeas Corpus para a liberação do ex-vereador está em trâmite junto ao Superior Tribunal de Justiça", assinala.

PUBLICIDADE

Recomendados