Polícia de Imbituva indicia duas pessoas por morte de jovem

Campos Gerais

28 de junho de 2020 17:26

Da Redação


Relacionadas

Bandidos roubam malote em Tibagi; veja imagens

Carambeí libera comércio neste fim de semana

Tibagi confirma primeiro óbito por Coronavírus

Trabalhadores do delivery fazem ‘buzinaço’ em Irati
PM realiza operação em cidades dos Campos Gerais
Jaguariaíva amplia distribuição de água na zona rural
Comércio de Carambeí abre neste final de semana
Vítima foi morta em um ponto de tráfico de drogas por uma dívida de R$ 200 Foto: Divulgação Polícia Civil
PUBLICIDADE

Vítima foi morta em um ponto de tráfico de drogas por uma dívida de R$ 200

Investigadores da Polícia Civil de Imbituva (região dos Campos Gerais) indiciaram neste domingo (28) duas pessoas suspeitas de envolvimento num assassinato ocorrido no último dia 12. De acordo com o delegado Luiz Gustavo Timossi, Wellington Antunes de Antoni, desaparecido desde essa data, foi morto pela dupla e o cadáver foi ocultado.

Segundo a autoridade policial, a investigação apontou que Wellington foi morto em um ponto de tráfico de drogas por uma dívida de R$ 200. Para cometer o crime, um dos autores teria desferido ao menos três golpes de facão na vítima, que morreu na hora. Depois de desovarem o corpo, os bandidos ainda atearam fogo no carro da vítima para tentar destruir evidências do crime.

"Em razão do trabalho investigativo e técnico realizado, embora o corpo da vítima ainda não tenha ainda sido localizado, os elementos coletados possibilitaram concluir como e porquê teria ocorrido o brutal homicídio" disse Timossi.

"Poucos dias depois do homicídio o corpo da vítima teria sido retirado do banhado, sendo levado para um local ainda desconhecido, cujas investigações prosseguem para tentar descobri-lo e possibilitar aos familiares da vítima a realização de um sepultamento digno. Ambos os indiciados continuam presos, a disposição do Poder Judiciário" concluiu o delegado.

Preso pode ser ‘serial killer’

Um dos homens presos por envolvimento na morte de Wellington teria participação em pelo menos outros cinco assassinatos na cidade, conforme relato de Timossi. Ele seria um traficante de drogas que estaria executando outras pessoas por questões relacionadas ao comércio de entorpecentes.

Nas investigações, foi comprovada que a arma que pertenceria ao suspeito foi responsável pela morte de quatro pessoas em Imbituva – o quinto homicídio que ele já teria cometido foi praticado com uma faca.

“A Polícia Civil já vinha realizando diligências com intuito de coletar provas do envolvimento do suspeito e de seus comparsas nos crimes, estando o referido procedimento próximo de sua conclusão”, garante Timossi.

PUBLICIDADE

Recomendados