Região tem saldo positivo na geração de emprego no ano

Campos Gerais

30 de junho de 2020 19:35

Fernando Rogala


Relacionadas

Técnico de enfermagem de Irati morre pela Covid-19

Homem leva surra da mulher por não aceitar passar o café

Acidente entre quatro veículos deixa mortos no PR

Sandrini decide não concorrer à reeleição em Piraí do Sul
Jaguariaíva viabiliza construção de mais 207 moradias populares
Investimento no Projeto Puma atinge R$ 2,7 bi
PRF recupera caminhão após assalto nos Campos Gerais
Construção Civil foi o setor que se destacou neste ano na abertura de novas vagas Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Apesar da perda de 3 mil vagas em abril e outras 1,2 mil em maio, saldo no acumulado do ano é positivo em 379 postos de trabalho


A maior parte dos municípios da região dos Campos Gerais perdeu vagas de emprego no último mês de maio. Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), revelados nesta segunda-feira (29) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, apontam que dos 26 municípios dos Campos Gerais, 20 registraram mais fechamento de postos de trabalho do que abertura de novas oportunidades. Somados os saldos das cidades, foram 1.266 vagas perdidas somente em maio. O valor ainda é inferior às 3.039 vagas fechadas no mês de abril. Ainda assim, apesar dessas duas quedas de quatro dígitos, pelo fato de que o primeiro trimestre foi bastante positivo, o saldo do ano ainda está positivado, com 379 vagas abertas neste ano. 

No acumulado do ano, dos 26 municípios dos Campos Gerais, a maior parte deles, porém, fechou vagas. São 16 cidades que mais perderam postos de trabalho, contra 10 que ainda estão com o saldo positivo no ano. Dessas 10 positivadas, a que mais se destaca é Ortigueira, com 1.053 novos postos criados, um dos melhores resultados do Estado. Isso se deve ao investimento que a Klabin realiza na cidade, na construção da unidade Projeto Puma II, que recebe aportes superiores a R$ 9,1 bilhões. Foram quase 1,2 mil vagas geradas entre janeiro e março, e houve a retração de 92 vagas em abril e outras 35 em maio. Na sequência, aparecem Carambeí (170) e Imbituva (157).

As cidades que mais perderam vagas no ano foram Telêmaco Borba (-386), Irati (-275) e Piraí do Sul (-207). Ponta Grossa, a cidade com o maior estoque de trabalhadores da região, também ficou negativo, na quinta posição, após o resultado de maio, quando foram perdidos 234 postos, resultando em 104 vagas fechadas no acumulado de 2020. Somente no mês de maio, a cidade que teve mais fechamento de vagas foi Irati, com 470 vagas perdidas, seguida por Ponta Grossa (-234) e Telêmaco Borba (-215). Cabe lembrar que no mês de abril, apenas uma cidade ficou positivada, Carambeí, com 19 postos criados. 

Entre os setores, em Ponta Grossa, no mês de maio os setores que mais fecharam postos de trabalho foram o de serviços (-308) e comércio (-290); enquanto que a construção gerou 449 vagas. No acumulado do ano, esses dois setores também foram os mais afetados, com 1.066 vagas fechadas no comércio e 510 no setor de serviços. A indústria perdeu 180 vagas; ao passo que a construção gerou 1.639 vagas. Já em Ortigueira, no acumulado do ano, todos os setores criaram postos, com destaque para a construção, com 876 vagas positivas.


Carambeí abriu vagas de emprego em todos os meses

Apesar da crise decorrente do novo coronavírus, que afetou diretamente a economia das cidades brasileiras, houve um município em que o saldo do emprego foi positivo em todos os meses de 2020. Foi Carambeí, que abriu 50 novas vagas em maio e 19 em abril, contabilizando 170 novos postos de trabalho criados no acumulado do ano. Por outro lado, um município teve o desempenho oposto, contabilizando um volume maior de fechamento de postos de trabalho do que de aberturas. O município em questão é Fernandes Pinheiro, com 85 vagas perdidas. Em uma análise mensal, o mês que mais gerou novas oportunidades foi fevereiro, com 2.287 vagas positivas, com apenas três cidades tendo saldo negativo no segundo mês do ano: Curiúva (-9), Fernandes Pinheiro (-10) e Piraí do Sul (-28).

| Foto: Geverson Dalzotto
 





PUBLICIDADE

Recomendados