Palmeira teve melhor cobertura vacinal da Regional de Saúde

Campos Gerais

02 de julho de 2020 20:30

Da Redação


Relacionadas

Caminhão despenca em barranco e motorista morre

Boletim apresenta 10 novos casos de Covid-19 em Palmeira

Carro capota, vítimas são ejetadas e um morre na BR-373

Sala do Empreendedor de Tibagi mantém liberação de crédito
Edir Havrechaki nomeia equipe para transição de governo
Prefeitura de Tibagi regulariza 65 terrenos no Parque Industrial
Caixa abre agências na região neste sábado até meio-dia
Município atingiu a marca de 112,7% de cobertura vacinal contra a gripe Foto: Agência Estadual de Notícias
PUBLICIDADE

Município atingiu a marca de 112,7% de cobertura vacinal contra a gripe

Foi encerrada na terça-feira (30) a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe. Palmeira obteve um resultado bastante expressivo, atingindo a marca de 112,7% de cobertura vacinal, ultrapassando em mais de mil doses a meta estabelecida, que era de 8.119. Ao todo, 9.150 pessoas receberam vacinação no município.

O grupo que atingiu a maior porcentagem de cobertura vacinal foi o de pessoas com comorbidades, com 157,17%. Também ultrapassaram 100% os grupos de puérperas, trabalhadores de saúde, idosos e população privada de liberdade. Ficaram acima da meta mínima de 90% os grupos compostos por crianças e adultos de 55 a 59 anos.

O grupo com pior cobertura vacinal foi o das gestantes, porém, de acordo com dados da Secretaria de Saúde, o número de pessoas pertencentes ao mesmo estava superestimado. “A campanha apresentou a meta de vacinar 332 pessoas, porém de acordo com o Relatório de Estratificação de Risco – Gestantes, temos um total de 243 gestantes cadastradas em Palmeira. Assim, 225 gestantes foram vacinadas, o que representa uma cobertura real de 92,59% e não 67,77% como aparece nos resultados do Vacinômetro”, esclareceu Conceição.


Servidores de escolas e população em geral

A partir desta quarta-feira (1º) até sexta-feira (3º) a Campanha de Vacinação passa a atender servidores de escolas públicas e privadas, e a partir de segunda-feira (6), as doses serão destinadas à população em geral.

Merendeiras, serviços gerais e administrativos das escolas públicas e privadas do município, devem procurar a sua Estratégia de Saúde da Família (ESF) de referência para receber a dose da vacina. Além da carteira de vacinação e documento com foto, também é necessário apresentar uma declaração, a qual será fornecida pelo estabelecimento de ensino.

Já a partir da próxima semana, a população em geral também poderá receber as doses contra a gripe. Basta comparecer na sua ESF de referência portando carteira de vacinação e documento com foto, e solicitar a vacina. As doses ficarão disponíveis enquanto durarem os estoques.

Apesar de a vacinação ficar aberta à população em geral e não somente aos grupos prioritários, as pessoas que fazem parte de algum dos grupos abrangidos na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e que ainda não tenham recebido sua dose de vacina, podem procurar sua unidade de saúde de referência para ser vacinada.


Centro de Vacinação

Para auxiliar e agilizar o processo de vacinação da população, além de evitar aglomerações nas ESFs, a partir do dia 6 a Secretaria Municipal de Saúde irá disponibilizar um Centro de Vacinação. Uma estrutura será montada no Ginásio de Esportes Durval Antônio de Freitas e contará com equipamentos e profissionais disponíveis para realizar a aplicação de vacinas.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados