Regional fará nota orientativa para combate à Covid-19

Campos Gerais

10 de julho de 2020 18:28

Da Redação


Relacionadas

Tibagi deve ter festa de carnaval cancelada em 2021

Polícia encontra 105 kg de maconha com ‘etiqueta covid’

Ladrões rendem casal enquanto mulher aprendia a dirigir

Bombeiros encontram corpo de homem no Rio Tibagi
Jovem morre em capotamento na PR-522, em Ivaí
Motorista bêbado causa acidente na BR-153 em Candói
Ipiranga agora conta com controle do consumo de energia
A decisão foi tomada na manhã desta sexta-feira (10) Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A decisão foi tomada na manhã desta sexta-feira (10)

Os 12 municípios que fazem parte da 3ª Regional de Saúde devem seguir recomendações para o combate à covid-19 nos próximos dias. A decisão foi tomada durante webconferência realizada na manhã de hoje com prefeitos, secretários e representantes da Regional, Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) e Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (CimSaúde). "Estamos verificando a necessidade de ações que abranjam municípios vizinhos, para conter os casos da doença", explicou o chefe da 3ª Regional, Robson Xavier.

O documento deve ser divulgado no início da próxima semana, mas deve trazer orientações sobre barreiras sanitárias, padronização nos horários de funcionamento do comércio, abertura de estabelecimentos que gerem aglomeração aos finais de semana, medidas de segurança junto ao transporte público municipal, atualização do sistema Notifica Covid e dos testes disponibilizados pela Regional, além de maior conscientização da população. A Regional também se comprometeu a divulgar Nota Técnica sobre medicamentos utilizados no combate.

Conforme o presidente da AMCG e prefeito de Jaguariaíva, Juca Sloboda as medidas são necessárias até mesmo para informações repassadas à população dos municípios. "As medidas tomadas por municípios vizinhos refletem em nossas Prefeituras, e há cobrança por parte da população", avalia.

A 3ª Regional adiantou ainda a possibilidade do Decreto 4942 do Governo do Estado aumentar a abrangência das regiões que contam com restrições. Com a região de Umuarama sendo a próxima a contar com novas medidas.

Além da Nota Orientativa, os gestores dos 12 municípios que compõe a Regional farão avaliação semanal do avanço da doença para verificar se são necessárias novas ações. "Como não sabemos quando haverá o pico da doença, e os casos continuam aumentando, temos que ter este controle", explica Juca.

O aumento da estrutura da saúde na região para fortalecer o combate à pandemia foi outro assunto abordado durante a webconferência. Desde ontem, mais 19 leitos clínicos passaram a funcionar. Além disso, outros estudos de remanejamento estão sendo feitos para suprir a demanda da região. Como o remanejamento da Maternidade, que funciona hoje no Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, para o Hospital da Criança.

PUBLICIDADE

Recomendados