Trabalhadores do delivery fazem ‘buzinaço’ em Irati

Campos Gerais

11 de julho de 2020 13:00

Da Redação


Relacionadas

Polícia encontra 105 kg de maconha com ‘etiqueta covid’

Ladrões rendem casal enquanto mulher aprendia a dirigir

Bombeiros encontram corpo de homem no Rio Tibagi

Jovem morre em capotamento na PR-522, em Ivaí
Motorista bêbado causa acidente na BR-153 em Candói
Ipiranga agora conta com controle do consumo de energia
Polícia amplia segurança em nova fase de operação
'Buzinaço' aconteceu na sexta-feira em frente à Prefeitura da cidade Foto: Kelly Ramos/Portal Clique
PUBLICIDADE

'Buzinaço' aconteceu na sexta-feira em frente à Prefeitura da cidade

Pedindo que seja revogado o decreto municipal 196/2020, trabalhadores do sistema delivery (entrega a domicílio) fizeram um buzinaço em frente a Prefeitura na sexta-feira (10). A manifestação foi breve e não aglomerou pessoas.

O novo decreto que está em vigor desde a última quarta-feira (08) estabelece horário para o comércio, que pode funcionar das 8h às 18h. A partir das 18h até às 21h, de segunda a sexta-feira, os estabelecimentos que vendem alimentos preparados ao consumo, como restaurantes, lanchonetes, panificadoras e serviços ambulantes de alimentação, poderão funcionar apenas para entrega em domicílio (delivery) ou retirada no local ou balcão (drive thru). Não será permitido o consumo de alimentos, lanches ou bebidas nos locais.

Nos dois próximos finais de semana o município passa a adotar o sistema lockdown, com fechamento total de estabelecimentos.

Em manifestações nas redes sociais trabalhadores destacam que o sistema delivery é uma forma segura e que o novo decreto traz prejuízos econômicos. “Não somos contra o combate ao coronavírus, mas o decreto tem quer ser analisado e revisto porque vai causar mais danos. O horário reduzido já tem nos prejudicado”, fala uma das publicações.

Na sexta-feita (10), o prefeito de Irati, Jorge Derbli, pediu a compreensão da população iratiense neste momento de pandemia, em relação às medidas de contenção à Covid-19.

Em fala feita no Gabinete da Prefeitura, Jorge Derbli reiterou a vigência do Decreto 196/2020, ressaltando a intenção do Executivo municipal em preservar a vida. O vídeo foi publicado em sua página no Facebook.


Informações do Portal Clique

PUBLICIDADE

Recomendados