Receita libera R$ 27,8 mi em lote de restituição na região

Campos Gerais

22 de julho de 2020 21:10

Fernando Rogala


Relacionadas

Construção civil enfrenta escassez de matéria-prima

Em Carambeí, Patrícia Kremer ainda aguarda definições

Polícia aplica mais de R$ 650 mil em multas ambientais

Palmeira registra dois novos casos de covid-19
Avante registra candidatura à Prefeitura de Carambeí
Matérias mostram panorama das eleições em PG e região
Irati tem uma das disputas mais acirradas dos Campos Gerais
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Consulta poderá ser feita pelos mais de 27 mil contribuintes a partir deste dia 24. Crédito em conta ocorre no dia 31


A Receita Federal do Brasil libera, nesta sexta-feira (24), a partir das 9 horas, a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física, referente a 2020, bem como aos lotes residuais de exercícios anteriores, desde 2011. Junto aos 64 municípios da região de abrangência da delegacia regional da Receita, serão 27.086 contribuintes contemplados neste lote, os quais irão receber um montante total de R$ 27.850.597,36. O valor será depositado na conta informada no último dia útil deste mês, ou seja, em 31 de julho.

A maior parte destes contribuintes receberá o valor referente à restituição deste ano de 2020, que totaliza R$ 27,19 milhões para 26.616 contribuintes. Já o valor referente aos exercícios anteriores é de cerca de R$ 660 mil, para 470 contribuintes. Quanto às declarações de 2020, este lote contempla preferencialmente as declarações entregues por cidadãos acima de 60 anos, aqueles cuja maior fonte de renda é o magistério ou aqueles que informaram possuir doença grave ou deficiência física ou mental. 

Fora os contribuintes preferenciais, também serão liberadas as restituições para os contribuintes que enviaram suas declarações no mês de março, até o dia 28, informou o delegado-adjunto da delegacia da Receita Federal do Brasil em Ponta Grossa, Marcelo Catarossi. “Quem enviou as declarações até 28 de março e não teve nenhum problema na declaração, é para ser contemplado já neste lote”, informou.

Por outro lado, quem pertence ao grupo prioritário ou que enviou até o dia 28 de março, e não estiver na lista dos contemplados neste lote, deve consultar o extrato da declaração porque deve haver algum tipo de inconsistência, reforçou Catarossi. “Se ele consultar e entender que realmente tem algo errado, basta fazer a declaração retificadora. Porém, se não concordar, deve esperar até o início do ano que vem para fazer a antecipação da malha e apresentar a documentação, para confirmar os dados informados”, ressaltou.


Valor liberado no país foi de R$ 5,7 bi 

Em todo o Brasil, o crédito bancário será para 3.985.007 contribuintes, totalizando o valor de R$ 5,7 bilhões. Desse total, R$ 2.056.423.308,19 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 88.420 contribuintes idosos acima de 80 anos, 646.111 contribuintes entre 60 e 79 anos, 47.170 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 346.793 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. Foram contemplados ainda 2.856.513 contribuintes não prioritários

PUBLICIDADE

Recomendados