Governo doa cestas básicas a famílias carentes

Campos Gerais

23 de julho de 2020 13:40

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Pandemia derruba faturamento de 67% das empresas na região

Telêmaco Borba soma seis candidaturas à Prefeitura em 2020

Aliel entrega veículos para APAE e Asilo de Imbituva

Arrecadação federal cresce 17,4% na região em agosto
Ratinho e Sloboda entregam 1º Condomínio do Idoso nesta quinta
Ex-vereador acusado de tentativa de homicídio não está foragido
Prorrogadas inscrições para oficinas do Projetando Cidades
Os recursos, da ordem de R$ 2,3 milhões, são originários do Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Foto: Reprodução/AEN
PUBLICIDADE

Objetivo é garantir segurança alimentar emergencial a crianças e adolescentes indígenas e de comunidades tradicionais

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, distribuiu esta semana, 9.849 cestas básicas, de um total de 30.686 unidades, viabilizadas para prover a segurança alimentar emergencial a crianças e adolescentes indígenas e de comunidades tradicionais (pescadores, ilhéus, ciganos, quilombolas, cipozeiros, ribeirinhos, faxinalenses).

Além destas, outras 20 mil cestas básicas já foram entregues pelo Governo a famílias de pessoas com deficiência, em situação de vulnerabilidade. Os recursos, da ordem de R$ 2,3 milhões, são originários do Fundo da Infância e Adolescência (FIA), aprovados Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – Cedca. 

“É mais um importante trabalho realizado na gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior, que mostra a atitude solidária e olhar humano para não deixar desassistidos os povos indígenas e comunidades tradicionais que se encontram em vulnerabilidade econômica”, afirmou o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Mauro Rockenbach.

Escolas - Esta semana foram atendidos os primeiros 23 municípios. Toda a logística está sendo feita pela Secretaria da Educação, nas próprias escolas onde estão matriculadas as crianças e adolescentes, e pela Defesa Civil.

Os alunos beneficiados foram cadastrados antecipadamente, de acordo com o banco de dados da Rede Estadual de Ensino, com base nas informações socioeconômica das famílias, já que muitos pais estão fora do mercado de trabalho em virtude da paralisação do comércio e serviços em função da pandemia. Estão sendo priorizadas crianças e adolescentes (até 18 anos) de famílias de alta vulnerabilidade econômica e social.

Municípios – Já receberam a cesta básica de alimentos as crianças indígenas e de comunidades tradicionais de União da Vitória (26), Francisco Beltrão (253), Cascavel (23), Irati (40), Curitiba/Campo do Santana (99), Curitiba/São Lourenço (262), Quatro Barras (5.153), Jacarezinho (86), Guarapuava (22), Apucarana (11), Maringá (52), Paranavaí (12), Loanda (06), Umuarama (22), Cianorte (11), Campo Mourão (09), Assis Chateaubriand (05), Goioerê (20), Pitanga (03), Paranaguá (875), Foz do Iguaçu (500), Laranjeiras do Sul (1.200) e Tamarana (1.600).

Nas próximas semanas serão distribuídas as 19.958 cestas restantes para os municípios de Arapoti (2.015), Cornélio Procópio (42), Dois Vizinhos (350), Guarapuava (2.300), Ivaiporã (880), Pato Branco (3.441), Ponta Grossa (7.574), Telêmaco Borba (1.356) e Terra Roxa (2.000).

PUBLICIDADE

Recomendados