Sicredi e Castrolanda difundem cooperativismo na região

Campos Gerais

29 de julho de 2020 21:17

Fernando Rogala


Relacionadas

Polícia Militar deflagra operação em Piraí do Sul

Região se consolida como 2ª maior produtora de cevada

Carambeí terá quatro postulantes à Prefeitura em 2020

Cinco agências da Caixa na região abrem neste sábado
Ex-marido usa toalha para tentar sufocar mulher em Palmeira
Panvel abre 90 vagas de trabalho no Paraná
Cidades da região definem os candidatos às prefeituras
Quadro ‘Boas Práticas do Cooperativismo', tem parceria das cooperativas Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Cooperativas buscam demonstrar a importância da solidariedade e das iniciativas locais de desenvolvimento

Duas das maiores cooperativas da região dos Campos Gerais, Sicredi e Castrolanda se juntam, agora em parceria no rádio, para falar sobre o cooperativismo e seus benefícios. A iniciativa vai ao ar a partir deste dia 30 no quadro ‘Boas Práticas do Cooperativismo', dentro do tradicional Ponto de Encontro, na rádio Antena Sul. As produções serão veiculadas às terças e quintas-feiras, das 11h40 ao meio-dia.

O Boas Práticas vai apresentar iniciativas que contemplem o modelo de negócio e os princípios cooperativistas. A ideia é mostrar ao público que o cooperativismo, mais que centenário no Brasil, é um dos motores das economias locais e que também promove ganhos na qualidade de vida das pessoas.

Recentemente, por exemplo, Sicredi e Castrolanda estiveram juntas na entrega de 2.046 cestas básicas para o Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de Castro. A doação foi possível graças a parcerias que envolviam o Fundo Social do Sicredi e o Projeto Abraçar, da Castrolanda.

As iniciativas sociais, no entanto, não são os únicos benefícios do cooperativismo. Um estudo lançado no começo desse ano em parceria do Sicredi com a FIPE demonstra que o cooperativismo incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos municípios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando, portanto, o empreendedorismo local.

A pesquisa da Fipe também calculou o Multiplicador do Crédito Cooperativo, um coeficiente que indica o impacto do crédito concedido pelas cooperativas no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro – cada R$ 1,00 concedido em crédito gera R$ 2,45 no PIB da economia e a cada R$ 35,8 mil concedidos pelas cooperativas, uma nova vaga de emprego é criada no país.

Para Popke Ferdinand Van der Vinne, o seu Fredy, que já foi presidente da Castrolanda e atualmente preside a Sicredi Campos Gerais, o Ponto de Encontro é uma iniciativa importante para demonstrar que o mundo está ficando cada vez mais solidário e colaborativo. Na visão do seu Fredy, o programa desempenha papel fundamental atestando a solidez que o cooperativismo já atingiu na região. Em 2019, por exemplo, a Sicredi Campos Gerais - PR/SP atingiu resultado recorde, ultrapassando a marca dos 52 milhões de reais em resultado.

O Presidente da Castrolanda, Willem Berend Bouwman reforça a satisfação de poder trabalhar em parceria com o Sicredi mais uma vez. “Nosso objetivo aqui é mostrar ao público como as cooperativas e os valores do cooperativismo estão inseridos na sociedade e na vida de todos. Sabemos que um futuro melhor depende das nossas atitudes no hoje. Este promete ser um pequeno passo para incentivar transformações coletivas na comunidade”, completa Bouwman.

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados