Sandrini decide não concorrer à reeleição em Piraí do Sul

Campos Gerais

12 de agosto de 2020 20:20

Da Redação


Relacionadas

Pandemia derruba faturamento de 67% das empresas na região

Telêmaco Borba soma seis candidaturas à Prefeitura em 2020

Aliel entrega veículos para APAE e Asilo de Imbituva

Arrecadação federal cresce 17,4% na região em agosto
Ratinho e Sloboda entregam 1º Condomínio do Idoso nesta quinta
Ex-vereador acusado de tentativa de homicídio não está foragido
Prorrogadas inscrições para oficinas do Projetando Cidades
Prefeito Sandrini conseguiu reverter as contas da prefeitura da situação de deficit para superávit. Foto: Toninho Anhaia
PUBLICIDADE

Sandrini reúne seu grupo e anuncia que não irá concorrer a reeleição. A sua decisão amadureceu no seio de sua família que acredita que sua contribuição é só para este mandato.

O prefeito de Piraí do Sul, José Carlos Sandrini decide não concorrer a reeleição, o anúncio foi feito em reunião com seus secretários, diretores e apoiadores. Segundo o prefeito a decisão também é um reflexo do desejo de sua família. “Hoje reuni minha equipe de trabalho e grupo político e fiz o comunicado da minha decisão de não concorrer a reeleição. Em primeiro lugar, fiz uma avaliação com minha família e decidimos que a minha contribuição como gestor deve se encerrar neste mandato.”, explica o prefeito.

Sandrini disse também durante a reunião que nunca entrou no cargo pensando em uma reeleição, mas sim, em trabalhar e dar a sua contribuição ao município de Piraí do Sul. “Quando concorri em 2017, não pensei em reeleição, mas sim, oferecer ao município uma administração focada na transparência, eficiência e comprometida com o dinheiro público. O nosso único compromisso foi sempre com o povo de Piraí do Sul. Tanto que em meu mandato, tivemos o menor número  de cargo comissionados em relação às últimas três gestões.”, salienta o prefeito. A sua equipe segundo ele sempre foi reduzida, mas comprometida, tanto que conseguiu reverter a situação financeira do município. “Tínhamos um déficit muito grande nas contas do município, não tínhamos nenhuma certidão, mas de vagar fomos colocando a casa em ordem e conseguimos reverter o déficit em superavit e conseguimos as certidões necessárias para conseguirmos convênios importantes para Piraí do Sul.”, recorda o prefeito.

A decisão de não concorrer foi sendo amadurecida com sua família, amigos e seu grupo. "Discutimos muito sobre isso. A nossa avaliação foi que a minha contribuição é deixar uma Prefeitura em dia e mostrar que quando quer,  isso é possível. Quem ganha  com isso é a população piraiense. Temos que pensar em uma continuidade de crescimento da nossa cidade. Como diz a palavra, 'Aquele que ceifa recebe o seu salário e colhe fruto para a vida eterna, e assim se alegram juntos o semeador e o ceifeiro. Dessa forma, é verdadeiro o ditado: Um semeia, e o outro colhe’. Piraí é uma grande obra e com o trabalho de todos, até mesmo aquele que parece pequeno é importante para o final do resultado.”, avalia.

Em relação ao apoio a um candidato ele explica que irá analisar com seu grupo, se irá ou não dar apoio para alguém. “Quanto ao meu apoio a algum candidato, isso deverá passar pela análise do meu grupo e faremos isso no momento oportuno.”, frisa o prefeito Sandrini.

PUBLICIDADE

Recomendados