Telêmaco lidera casos e mortes proporcionais por Covid na região

Campos Gerais

07 de setembro de 2020 20:01

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Receita Federal envia cartas a contribuintes retidos em malha

Carambeí também terá colégio cívico-militar em 2021

Boletim mostra novo caso de covid-19 em Palmeira

Jovem suspeito de estupro e homicídio é detido no PR
Teixeira Soares tem três na disputa pela Prefeitura
Adolescente é encontrado morto em área rural de Imbaú
Novo caso de covid é registrado em Palmeira
Hospital Regional de Telêmaco Borba vem sendo importante para mitigar número de óbitos Foto: Reprodução/AEN
PUBLICIDADE

Levantamento do Portal aRede traz quais municípios dos Campos Gerais têm, proporcionalmente por 100 mil habitantes, maior número de infectados e óbitos

Conforme dados do boletim do boletim atualizado pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), os 26 municípios dos Campos Gerais contam 8.421 casos confirmados e 186 óbitos em decorrência da Covid-19. Somados, os municípios tem uma população de 1.011.386 habitantes segundo a Sesa. Isso configura que os Campos Gerais têm uma taxa de infecção de 832,6 pessoas por 100 mil habitantes e 18,39 mortes por 100 mil habitantes.

* Os números consideram apenas os dados divulgados pela Saúde paranaense, divergindo de alguns números atualizados passados pelas Secretarias municipais.

Em relação ao Paraná, os Campos Gerais representam 8,91% da população, mas apenas 5,91% de todo o estado. Em relação as mortes, o número é ainda menor: 5,25%. Apenas quatro cidades ainda não registraram mortes: Cândido de Abreu, Porto Amazonas, Ivaí e São João do Triunfo, mas todos já tiveram ao menos um caso de infecção.

Veja tambémCampos Gerais tem 8,4 mil casos e 186 mortes pela Covid

Para o levantamento foram considerados 26 municípios da região: Arapoti, Carambeí, Castro, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, São João do Triunfo e Sengés da 3ª Regional de Saúde; Fernandes Pinheiro, Imbituva, Irati, Rebouças e Teixeira Soares da 4ª Regional de Saúde; Prudentópolis da 5ª Regional de Saúde; Curiíva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania da 21ª Regional de Saúde; e Cândido de Abreu da 22ª Regional de Saúde.

Como recorte e utilizando a metodologia que os principais órgãos de saúde usam para mensurar a taxa de infecção nos municípios, o Portal aRede irá fazer a relação de confirmados ou mortes x 100 mil habitantes. Como apenas Ponta Grossa possui mais que esse número populacional nos Campos Gerais, os dados podem ser entendidos como a taxa de proporção de acordo com a população de cada município: quanto maior o valor, mais alto o contágio ou os óbitos.

Confirmados

Dessa forma, as cidades que tem a maior relação de casos confirmados x 100 mil habitantes na região são: Telêmaco Borba (2.383), Imbaú (2.357,7) e Ortigueira (1.701,9), todos da 21ª Regional de Saúde. Na sequência aparecem Carambeí (1052,4) e Castro (1.047), da 3ª Regional de Saúde. Tibagi (1032,4) e Curiúva (1019,7), também da 21ª Regional de Saúde, completam as cidades que possuem um valor acima de 1 mil infectados caso sua população fosse igual a 100 mil pessoas.

Na outra ponta, os municípios com o menor número de infectados neste recorte são da 3ª Regional de Saúde: São João do Triunfo (93,3) e Ivaí (130,5). Na sequência, aparece Prudentópolis (152), único dos Campos Gerais a integrar a 5ª Regional de Saúde. Rebouças (175) e Teixeira Soares (295,5), da 4ª Regional; Cândido de Abreu (295,4) da 22ª; e Ipiranga (298,1) da 3ª Regional completam os municípios com a menor relação de casos x 100 mil habitantes.

Óbitos

Os números mostram a íntima relação entre alto número de contaminados proporcionalmente e os óbitos. Na relação morte x 100 mil habitantes, Telêmaco Borba (44,7), Tibagi (44), Ortigueira (40,3), Curiúva (39,9) e Imbaú (30,9) aparecem com as maiores letalidades. Contudo, Sengés (25,9) e Imbituva (24,8) apresentam um índice alto em relação ao contágio x 100 mil habitantes. Carambeí (21,7) e Rebouças (20,2) são os que tem um índice de mortes neste recorte acima dos 20.

Na outra ponta, além dos quatro municípios que não tem mortes confirmadas (São João do Triunfo, Ivaí, Cândido de Abreu e Porto Amazonas), os menores índices ‘mortes x 100 mil habitantes’ são Prudentópolis (1,9), Arapoti (3,5), Palmeira (5,9), Ipiranga (6,6) e Teixeira Soares (8,2). O restante está na escala de 10 a 20 mortes nos Campos Gerais.

Ponta Grossa

O município de Ponta Grossa, por ter a maior população da região é disparado, em números absolutos, o recordista de casos confirmados e mortes. Contudo, quando a proporção é por 100 mil habitantes, os números são diferentes: a cidade aparece em 10ª em infecções pela proporção da população, 773 e mortes, 17,8.

CONFIRMADOS

Município (Casos)

Telêmaco Borba - 2383,1

Imbaú - 2357,8

Ortigueira - 1702,0

Carambeí - 1052,5

Castro - 1047,1

Tibagi - 1032,5

Curiúva - 1019,8

Porto Amazonas - 809,0

Imbituva - 780,0

Ponta Grossa - 773,2

Reserva - 710,5

Sengés - 700,7

Arapoti - 698,3

Jaguariaíva - 576,7

Irati - 457,3

Fernandes Pinheiro - 456,9

Piraí do Sul - 450,8

Ventania - 401,6

Palmeira - 317,0

Ipiranga - 298,2

Cândido de Abreu - 295,4

Teixeira Soares - 213,8

Rebouças - 175,1

Prudentópolis - 152,0

Ivaí - 130,5

São João do Triunfo - 93,4 

ÓBITOS

Município (Casos)

Telêmaco Borba - 44,8

Tibagi - 44,0

Ortigueira - 40,3

Curiúva - 40,0

Imbaú - 30,9

Sengés - 26,0

Imbituva - 24,9

Carambeí - 21,7

Rebouças - 20,2

Ponta Grossa - 17,8

Fernandes Pinheiro -17,6

Jaguariaíva - 17,3

Ventania - 17,1

Reserva - 15,0

Irati - 14,9

Castro - 12,6

Piraí do Sul - 11,9

Teixeira Soares - 8,2

Ipiranga - 6,6

Palmeira - 5,9

Arapoti - 3,6

Prudentópolis - 1,9

Porto Amazonas, Cândido de Abreu, Ivaí e São João do Triunfo não tem óbitos

* Todos os números apurados pelo Portal aRede são divulgados aqui. Clique aqui para conferir o boletim atualizado.

PUBLICIDADE

Recomendados