Carambeí terá quatro postulantes à Prefeitura em 2020

Campos Gerais

18 de setembro de 2020 20:15

Afonso Verner


Relacionadas

Boletim apresenta novo caso de Covid-19 em Palmeira

Motorista sem CNH se envolve em acidente na BR-376

PM atingida por explosão segue internada na UTI

Castrolanda expande produção de ração animal
PM pede ajuda da comunidade para esclarecer atentado
Jovem fica em estado grave após capotamento na BR-277
Atentado com granada deixa dois policiais feridos
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Moradores de Carambeí terão quatro chapas na disputa pelo comando da Prefeitura

Uma das cidades mais ricas, Carambeí terá o comando da Prefeitura disputado por quatro grupos políticos. A cidade tem o segundo maior nível de riqueza per capita dos Campos Gerais e se destaca pela vocação no agronegócio, representada pela cadeia leiteira, além das opções turísticas que movimentam a economia da cidade e a rede de comércio e serviços.

Os 15.851 eleitores de Carambeí terão quatro chapas para escolher o próximo(a) prefeito(a) e vice. O grupo governista lançará o nome de Mário José Avais de Mello Filho, o Marinho, pelo PSD - ele já foi secretário municipal de Saúde nas duas gestões do atual prefeito Osmar Blum (também do PSD) e ao longo dos anos ganhou projeção dentro do governo habilitando como candidato a sucessão de Blum.

O vice do grupo será Diego Silva que atualmente é presidente da Câmara Municipal de Carambeí e teve rápida ascensão dentro do cenário político carambeiense ao se eleger presidente do Legislativo. Na prática, Marinho e Diego representarão a continuidade da gestão de Osmar Blum e devem contar com o apoio do Governo do Estado, na figura de Ratinho Junior.

Na oposição, ao menos dois grupos ganham destaque. O primeiro deles é representado por Elisangela Pedroso e Geverson Gomes. Filha do ex-prefeito de Carambeí, Alci Pedroso, Elisangela será candidata pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e carrega a experiência de já ter sido vereadora. Já Geverson é vereador e foi indicado pelo partido, o PDT, para integrar a chapa. 

Ainda no campo da oposição, o ex-prefeito, Osmar Rickli (PSDB), deve participar do pleito. Osmar terá como vice outra tucana:  Arina Aardoom. Prefeito da cidade entre os anos de 2004 e 2012, quando acabou sendo alvo de um processo de cassação do mandato implementado na Câmara, Osmar tentará voltar ao comando do município em 2020.

Ex-vereador entra na disputa pelo PROS

O ex-vereador Pedro Ivo Bueno fará uma dobradinha com o pastor Alex Teixeira numa disputa de chapa pura pelo PROS. Pedro Ivo foi o vereador com o maior número de votos em 2008 e retorna à vida pública para disputar o comando da Prefeitura de Carambeí. Nas redes sociais, Ivo é defensor de pautas conservadoras e publica conteúdos em apoio à gestão do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). 

Apenas um turno

Com pouco mais de 15 mil eleitores, Carambeí tem eleições de turno único. Com isso, os moradores da cidade vão às urnas no próximo dia 15 para escolher prefeito(a), vice e 11 vereadores para compor a Câmara Municipal entre 2021 e 2024.

PUBLICIDADE

Recomendados