Palmeira tem cinco chapas na disputa pela Prefeitura

Campos Gerais

29 de setembro de 2020 20:45

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Homem é preso com arma e objetos furtados em Jaguariaíva

Aliel se reúne com lideranças no Sul do Estado

Boletim apresenta novo caso de Covid-19 em Palmeira

Motorista sem CNH se envolve em acidente na BR-376
PM atingida por explosão segue internada na UTI
Castrolanda expande produção de ração animal
PM pede ajuda da comunidade para esclarecer atentado
Dos cinco candidatos, quatro já foram vereadores Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Três vereadores, um ex-legislador e uma professora são os nomes que buscam suceder Edir Havrechaki após oito anos

Um dos principais polos econômicos do setor primário dos Campos Gerais, envolvendo agricultura e pecuária, Palmeira também é uma das maiores economias da região e tem alto PIB (Produto Interno Bruto) per capita. Com estas riquezas, a disputa pela Prefeitura de Palmeira será decidida pelos 25.674 eleitores nas eleições municipais 2020 que acontecem em novembro. 

Há cinco chapas que disputarão a sucessão de Edir Havrechaki (PSC), que cumpriu dois mandatos à frente do Executivo Municipal, conforme informações das candidaturas registradas no Divulga Candidatos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O nome da base do atual governante é Marcos Ribas (PSDB), que terá como vice-prefeita Carla Albuquerque (PROS), na coligação que une os dois partidos. Ribas já foi vereador, secretário de Obras e diretor do Departamento Financeiro em Palmeira e terá o apoio de Edir para dar sucessão ao governo. Já Carla é assistente social e comandou outra pasta importante no município, a da Educação.

Os governistas terão outros quatro concorrentes à Prefeitura de Palmeira. Entre elas está a maior coligação desta eleição, que une PSD, PMB, Patriota, Podemos e PSL, com uma chapa pura composta Denis Sanson e Cristiane Kapp, ambas do Partido Social Democrático, para prefeito e vice, respetivamente. Denis é vereador e advogado, além de ser filho do ex-prefeito Altamir Sanson, que governou a cidade por três vezes, tendo Cristiane, uma advogada, complementando lançada pela base do governo Ratinho Junior.

A coligação DEM e Progressista lançará outro nome que já atuou como vereador: o democrata Sergio Belich concorrerá à Prefeitura de Palmeira e terá o nome de Major Schulli como seu vice. A professora Zenilda Bruginski (PT), que participou das últimas duas eleições como candidata a vereadora, terá Israel Lourenço (PCdoB) como vice. Para complementar, o PDT lança o nome de João Alberto, que também ocupava cargo de vereador no atual quadriênio, com Rosilaine Barausse (PSB) como vice.

Câmara

As nove cadeiras da Câmara Legislativa de Palmeira nas eleições municipais 2020 serão disputadas por 113 candidatos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Além de Denis Sanson, Marcos Ribas e João Alberto Gaiola, que disputarão o pleito como postulantes à Prefeitura Municipal, Gilmar Costa (Patriota), João Savi (PSD), Pastor Anselmo (DEM) e Rogério Mané (PMB) serão os nomes que buscam a reeleição após serem eleitos em 2016. Já Arildo Zaleski e Everaldo Kuhn são os atuais vereadores com cargos que não entrarão no pleito deste ano.

PUBLICIDADE

Recomendados