Operação policial em Arapoti termina com oito presos

Campos Gerais

01 de outubro de 2020 14:44

Da Redação


Relacionadas

Adolescente é encontrado morto em área rural de Imbaú

Novo caso de covid é registrado em Palmeira

Klabin já investiu R$ 3,8 bilhões no Projeto Puma II

Arapoti inicia atendimento do Samu Regional
Homem é preso com arma e objetos furtados em Jaguariaíva
Aliel se reúne com lideranças no Sul do Estado
Boletim apresenta novo caso de Covid-19 em Palmeira
PUBLICIDADE

Vários mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quinta-feira em operação com dezenas de policiais civis

Oito pessoas foram presas após o fim da operação policial que movimento o município de Arapoti (região dos Campos Gerais) na manhã desta quinta-feira (1º). A ação envolveu agentes de Jaguariaíva, Sengés, Piraí do Sul e Ponta Grossa, além dos investigadores de Arapoti, do Grupamento Operacional Aéreo (GOA) e do Núcleo de Operações com Cães (NOC). De acordo com a Polícia Civil, a operação deflagrada nesta quinta foi resultado de três grandes trabalhos de investigação.

Ao final do trabalho, 26 suspeitos foram conduzidos à delegacia para prestarem esclarecimentos e oito permaneceram presos. Também houve cinco pessoas encaminhadas para assinatura de termos circunstanciado e outras três foragidos da Justiça com mandados de prisão em aberto que acabaram presos. A operação ainda resultou em três adolescentes apreendidos e oito armas de fogo retiradas de circulação, além da apreensão de munições, drogas, produtos de roubo e furto e dinheiro de origem ilícita.

Investigações

Os mandados de prisão e de busca e apreensão cumpridos nesta quinta referem-se a três grandes investigações desenvolvidas pela Polícia Civil de Arapoti. Em uma delas, um criminoso que assediava adolescentes para roubar caminhonetes foi preso – os veículos eram trocados por drogas, segundo a polícia. Um comparsa dele também tinha sido preso recentemente por envolvimento neste e em outros crimes.

Dentro dessa investigação, os policiais evitaram que uma família fosse tomada como refém pelos criminosos que queriam levar a caminhonete deles. Em outra ocasião, por vários dias os investigadores fizeram escolta velada de uma vítima, sem que ela soubesse, para protegê-la de assalto ao seu veículo, crime que já tinha sido planejado pelos bandidos.

Prejuízo à Sanepar

Outro caso que também teve a atenção dos policiais e que resultou na operação desta quinta foi o combate ao furto e receptação de fios de cobre e tráfico de drogas. A investigação partiu da prisão de um homem que furtou cabos da Sanepar e causou R$ 100 mil de prejuízos à estatal.

Além desses casos, a Polícia Civil também agiu para desmantelar vários pontos de drogas distribuídos na cidade. Os locais de venda foram identificados a partir de denúncias da população e trabalhos de investigação. Foram cumpridos no total 23 mandados em lugares potenciais de tráfico e posse de arma. Foram apreendidas uma arma de fogo, porções de maconha e de crack. Também foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 31 anos que é investigado por ter cometido assalto contra um casal de idosos. 

PUBLICIDADE

Recomendados