Polícia identifica corpo achado em represa de Arapoti

Campos Gerais

02 de dezembro de 2020 10:09

Da Redação


Relacionadas

Palmeira faz melhorias em ruas do Distrito Industrial

Piraí do Sul analisa demandas para viabilizar retorno das aulas

Prefeitura de Ipiranga avalia situação de maquinário

Rede municipal de Jaguariaíva planeja volta às aulas
Homem é preso por descumprir medida protetiva em Sengés
Reserva garante recebimento de insumos para vacinação
Saúde confirma 12 novos casos da covid-19 em Palmeira
Rapaz de 24 anos estava desaparecido desde o fim de semana e foi identificado nesta terça Foto: Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Cadáver de jovem de 23 anos estava em avançado estado de decomposição e foi identificado graças ao apoio da Polícia Civil paulista

Foi identificado o rapaz encontrado morto na tarde de segunda-feira (30) numa represa de Arapoti. Aparecido Leonel Martins Junior morava no bairro Humaitá e ainda não há informações sobre qual seria a causa da morte. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa para ser examinado – a hipótese de morte violenta ainda não foi descartada.

A principal dificuldade para identificar a vítima foi a falta de registro de ocorrência de desaparecimento na cidade. No entanto, durante a tarde de terça-feira (1º), uma mulher procurou a delegacia para informar que seu irmão estava desaparecido desde o fim de semana. Devido ao estado de putrefação do corpo, não foi possível fazer a identificação da vítima, mas havia condições de coleta da impressão digital.

O rapaz desaparecido foi morador da cidade de Capão Bonito, interior de São Paulo, e mudou-se para Arapoti recentemente para morar na casa de parentes. Os investigadores então entraram em contato com a Polícia Civil paulista e conseguiram a identificação dactiloscópica (impressões digitais) do rapaz para que fosse entregue à perícia. No confronto com as informações, o resultado foi positivo.

Agora, a Polícia Civil aguarda o laudo do IML e, caso seja confirmado que o rapaz morreu vítima de um crime, um inquérito será instaurado para investigar o caso.

PUBLICIDADE

Recomendados