PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeitura de Castro inicia vacinação contra a Covid-19

Campos Gerais

19 de janeiro de 2021 21:45

Da Redação


Relacionadas

Câmara de Castro fecha após o novo decreto estadual

Palmeira atualiza restrições para conter avanço da Covid

Telêmaco debate ações para fortalecer o setor cultural

Irati divulga decreto seguindo determinações estaduais
Aliel reforça compromisso com os municípios da região
Prefeitura de Arapoti busca ampliar geração de empregos
Sicredi passa a atender com atendimento agendado
Município recebeu 595 doses da vacina neste primeiro lote Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Município recebeu 595 doses da vacina neste primeiro lote

A Prefeitura de Castro iniciou, nesta terça-feira (19), a vacinação contra a Covid-19. A primeira a receber a vacina foi a técnica em enfermagem Andréia Cristina do Nascimento Rodrigues, de 29 anos, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Estou feliz porque é uma vitória pra todos nós. Esperamos que em breve todo mundo possa tomar a vacina e nossas vidas voltem a ser como eram”, disse.

Neste primeiro lote a Prefeitura recebeu 595 doses e a prioridade será para profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente ao combate da Covid-19, como profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), idosos em instituições de longa permanência do Lar Mariliana Barbosa, Asilo São Vicente de Paulo e Casa de Repouso da Castrolanda.

Também receberão a vacina os profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBS), porém, nesse momento, não será fornecida para todos, pois algumas categorias que não têm contato direto com os pacientes, ou seja, que podem manter o distanciamento, não irão receber a imunização.

Na sequência serão vacinados os prestadores de serviços credenciados pelo SUS que realizam exames de imagens para em pacientes da Covid-19 e em seguida para o setor privado que atende pacientes com a doença. “Infelizmente, não haverá quantidade de vacina para todos. Temos que ter paciência e aguardar novos lotes a serem disponibilizados pelo Ministério da Saúde para que além dos profissionais de saúde, outras pessoas sejam imunizadas”, explica.

Maria Lidia destaca ainda que apesar da vacina ter chegado, é importante que as medidas preventivas continuem a ser mantidas rigorosamente. “Não podemos relaxar. É preciso continuar mantendo o distanciamento social, higienizar as mãos com água e sabão, usar máscara e álcool em gel e evitar aglomeração”, ressaltou.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados