PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vereador de Prudentópolis é condenado a 17 anos de prisão

Campos Gerais

25 de fevereiro de 2021 16:22

Da Redação


Relacionadas

Prefeitura de Reserva promove melhorias em estrada rural

Jaguariaíva recebe R$ 300 mil para custear ações na saúde

Acidente em rodovia deixa dois mortos em Piraí do Sul

Prefeitura de Ortigueira busca fortalecer a produção de leite
Homem morre após acidente na BR-277, em Prudentópolis
Teixeira Soares anuncia novo investimento em pavimentação
Castro pretende seguir medidas previstas em decreto estadual
Crime aconteceu em novembro de 2009 e atual vereador pelo PSDB foi condenado em júri nesta quarta-feira Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Tribunal do Júri condena a 17 anos de prisão vereador Adão Kostecki (PSDB), denunciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio

O Tribunal do Júri de Prudentópolis (99 quilômetros de Ponta Grossa) sentenciou a 17 anos e 23 dias de prisão Adão Kostecki (PSDB), acusado dos crimes de homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio. Os crimes ocorreram em 2009 e o condenado atualmente exerce atualmente o mandato de vereador na Câmara do município.

De acordo com a ação penal oferecida pelo Ministério Público do Paraná a partir da 2ª Promotoria de Justiça de Prudentópolis, no dia 22 de novembro daquele ano, na localidade de Jaciaba, zona rural do município, o agora vereador efetuou disparos com arma de fogo contra outro homem. O crime teria sido praticado por motivo fútil e sem permitir a defesa da vítima, fatos considerados como qualificadores do homicídio. O condenado também disparou contra outro homem, caracterizando crime de tentativa de homicídio.

Considerando o período fixado na condenação, que é superior a 15 anos, foi expedida pela Vara do Plenário do Tribunal do Júri de Prudentópolis mandado de prisão contra o vereador, que deverá cumprir a pena em regime fechado. A defesa ainda pode recorrer da decisão judicial.

PUBLICIDADE

Recomendados