PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeitos avançam para adquirir vacinas

Campos Gerais

03 de março de 2021 23:00

Da Redação


Relacionadas

Porto Amazonas firma acordo de cooperação com a UEPG

Prefeitura de Palmeira divulga ações na área de infraestrutura

São João do Triunfo e Rebouças reforçam parceria para o futuro

Elisangela reforça compromisso e prevê ações em Carambeí
Fernandes Pinheiro incentiva produtores do município
Prefeitura de Castro investe na revitalização de vias públicas
Carambeí entrega kits de higiene bucal para estudantes
Em Cândido de Abreu, o prefeito Renan Romanichen também assinou o termo de interesse para aderir ao consórcio Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Consórcio público possibilita compra de imunizantes contra a Covid-19 

Alguns prefeitos da região dos Campos Gerais já iniciaram a mobilização para a compra de novas doses da vacina contra a Covid-19. A aquisição dos imunizantes se dá a partir da adesão das cidades ao Consórcio Público liderado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

O consórcio visa permitir que os municípios comprem a vacina caso o Plano Nacional de Imunização do governo federal, não consiga atender à demanda e não forneça doses suficientes para toda a população. 

A FNP informa que o consórcio tem interesse em todas as vacinas que possuam aprovação para utilização na Anvisa. A Frente Nacional estabeleceu um prazo para a adesão dos municípios. O cadastro deve ser feito até sexta-feira (5).

A previsão é que a associação seja constituída, legalmente, até 22 de março para, depois disso, possa atuar na aquisição de imunizantes.

O prefeito de Reserva, Lucas Machado, assinou na tarde desta terça-feira (2), a manifestação de interesse no consórcio que, além das vacinas, também deve permitir a aquisição de outos insumos para a área de saúde.

Em Cândido de Abreu, o prefeito Renan Romanichen também assinou um documento sinalizando positivamente para a entrada do município nesta iniciativa.

A cidade de Rebouças também pretende aderir ao novo consórcio. O gestor municipal, Luiz Everaldo Zak, assinou o termo de interesse nesta terça-feira (2).

Em vídeo divulgado pela prefeitura de Rebouças, o prefeito deu detalhes desta movimentação. Segundo ele, a Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar), também influenciou as cidades para que aderissem ao Consórcio Público.


AMCG deve aderir

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) discute a possibilidade de adquiri vacinas contra a Covid-19 por meio do novo Consórcio Público. “Estamos verificando as possibilidades para que nossos municípios, juntos, possam adquirir as vacinas”, explica o presidente da entidade, Moacyr Fadel.

PUBLICIDADE

Recomendados