PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Irati tem queda no número de casos da covid após restrições

Campos Gerais

10 de abril de 2021 00:00

Da Redação


Relacionadas

Ventania garante auxílio para alunos da rede municipal

Porto Amazonas ganha novo equipamento para reformas

Jaguariaíva instala novas lixeiras em diversos pontos da cidade

Carambeí conquista acesso para recursos federais
Prefeitura de Reserva faz manutenção em estrada rural
Amcespar busca parcerias para o desenvolvimento regional
Prefeitura de Teixeira Soares divulga novo projeto social
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Redução veio após município tomar medidas mais restritivas

O Centro de Operações Especiais e de Fiscalização da Covid de Irati (COEF), concluiu ontem (08) uma análise inicial sobre o resultado dos últimos dois finais de semana em que praticamente todo o comércio permaneceu fechado e restringiu-se a circulação de pessoas, antes da Páscoa. Segundo o coordenador do órgão, Agostinho Basso, “esse levantamento foi feito em razão de que a população faz sempre um questionamento se este procedimento realmente apresenta resultados, e algumas pessoas até duvidam que funcione”.

 Do dia 16 de março ao dia 24 de março, Irati registrou 99 casos novos, dando naquela semana uma média diária de 14,1 casos novos por dia. Naquela mesma semana ocorreram cinco óbitos, ou seja 5% foi a taxa de mortalidade. Entre os dias 24 e 30 de março, Irati teve 87 casos, dando uma média de 12,4 novos casos por dia. Com quatro óbitos, esta outra semana apresentou 4,5% de mortalidade.

Na semana de 30 de março a 06 de abril, Irati registrou 76 casos novos, com média de 10,8 casos ao dia. Naquele período foram dois óbitos, dando uma taxa de 2,6% de mortalidade. “Com isso, chega-se à conclusão que exatamente, agora, na última semana, onde começamos a colher os frutos daqueles dois finais de semana de isolamento, já que estes resultados chegam 15 dias depois, que é o tempo de incubação, podemos ver nitidamente que tivemos uma queda, tanto do número de casos novos, como uma queda significativa do número de óbitos”, afirma o coordenador.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados