PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Belich prioriza transparência e avalia ações em Palmeira

Campos Gerais

16 de abril de 2021 21:15

Da Redação


Relacionadas

Cândido de Abreu adquire materiais para área de esportes

Investimentos da Klabin na região chegarão a R$ 21 bi em 10 anos

Prefeitura de Reserva solicita novos recursos para o município

Prefeitura de Jaguariaíva projeta revitalização do Parque Linear
IDR apresenta novos planos para os municípios da região
Prefeitura de Castro recebe doação de 500 cestas básicas
UEPG doa projeto do IML para ser replicado em Irati
Prefeito também comentou sobre as dificuldades enfrentadas pela cidade no combate à covid-19 e detalhou os diálogos existentes para ampliar a geração de empregos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeito também comentou sobre as dificuldades enfrentadas pela cidade no combate à covid-19 e revelou diálogos existentes para ampliar a geração de empregos

O prefeito Sérgio Belich (DEM) completou, recentemente, 100 dias de governo à frente do município de Palmeira. Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e Portal aRede nesta sexta-feira (16), o chefe do Executivo destacou que a prioridade da gestão é ampliar a transparência das ações tomadas pela prefeitura. Belich também comentou sobre as dificuldades enfrentadas pela cidade no combate à covid-19 e detalhou os diálogos existentes para ampliar a geração de empregos em Palmeira nos próximos anos.

“Em toda a gestão é preciso pontuar alguns processos que acontecem a curto, médio e longo prazo. Não vamos resolver todos os problemas da área de saúde do dia para a noite”, explica o prefeito, que também ressalta as parcerias firmadas pela gestão municipal com o objetivo de ofertar um melhor atendimento aos pacientes. “Conversamos com algumas instituições para melhorar o nosso sistema de saúde. Temos trocado informações com outros municípios que possuem diferentes modelos de gestão neste setor. Todas essas ações ocorrem a longo prazo”, detalha.

Com relação ao impacto da pandemia, Belich relata que a gestão procurou auxiliar o hospital da cidade durante o aumento de casos de covid-19, contabilizado em fevereiro. “Com o crescimento da demanda de atendimentos, foi necessário ampliar a equipe médica e a oferta de equipamentos. A prefeitura tem de fazer a sua parte. No entanto, estes processos são muito demorados burocráticos”, explica o prefeito. “Queremos colocar mais ambulâncias nas ruas e queremos contratar mais médicos. No entanto, muitas dessas propostas e recursos estão travadas por questões de licitação, por exemplo”, relata.

Para além da questão da saúde, o prefeito destacou algumas medidas que vêm sendo adotadas pela gestão visando a transparência das atividades e projetos desenvolvidos pelo poder Executivo. Uma das práticas, que foi uma das promessas de campanha de Belich, foi a abertura do gabinete do prefeito todas as terças-feiras para receber a população e ouvir as reivindicações populares. Nos últimos dias, a prefeitura também começou a realizar lives nas redes sociais, reunindo secretários de diversas pastas para expor planejamentos e justificar situações pontuais.

A geração de empregos também é um dos compromissos da atual gestão. Durante a entrevista, Sérgio Belich comentou que a prefeitura pretende recuperar o distrito industrial, de forma a oferecer melhores condições para as fábricas. “Em reunião com representantes da Baston, uma das principais fontes de emprego em Palmeira, nos foi sinalizado sobre a intenção de expandir os negócios com a criação de uma nova unidade”, relembrou. “Estamos trabalhando com muita seriedade, honestidade e transparência para dar uma nova cara ao município, de acordo com a nossa maneira de trabalhar”.


Gestão busca solucionar problemas

O prefeito Sérgio Belich também agradeceu a colaboração dos moradores de Palmeira e pediu paciência com relação a alguns pontos. “Nós não vamos conseguir resolver todos os problemas em poucos meses. De uma forma geral, tivemos muitos resultados positivos. Ouvimos muitos agradecimentos da população, especialmente na área rural, onde realizamos a recuperação de diversas estradas rurais”, destaca. “No entanto, a nossa maior dificuldade está na aquisição de equipamentos e peças para maquinário”, reforça.

PUBLICIDADE

Recomendados