PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Amcespar busca parcerias para o desenvolvimento regional

Campos Gerais

06 de maio de 2021 20:00

Da Redação


Relacionadas

Tibagi disponibiliza internet sem fio para escolas e CMEIs

Telêmaco define novo líder do governo na Câmara Municipal

Buraco do Padre faz planos para retomada do turismo na região

Palmeira projeta instalação de novas lixeiras nos bairros
Ortigueira revitaliza estradas localizadas no interior
Programa Feira Verde retoma atividades em Jaguariaíva
Ipiranga recebe equipamentos para qualificar serviços
Presidente da entidade e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, avalia as principais ações adotadas em conjunto pelos municípios Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Presidente da entidade e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, avalia as principais ações adotadas em conjunto pelos municípios

A Associação dos Municípios do Centro-sul do Paraná (Amcespar), segue em busca de novas parcerias e estratégias para potencializar o desenvolvimento regional. Atualmente, a entidade engloba dez municípios. Entre eles estão: Inácio Martins, Fernandes Pinheiro, Guamiranga, Imbituva, Irati, Mallet, Prudentópolis, Rebouças, Rio Azul e Teixeira Soares. Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e portal aRede nesta quinta-feira (6), o presidente da Associação e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato (PSD), avaliou o início do seu 4º mandato à frente da Amcespar.

“Hoje, temos grandes parcerias com o Governo do Paraná. Um exemplo disso é a patrulha rural, que realiza intervenções nas estradas das nossas cidades a partir de um convênio com o Estado”, explica o presidente. “Iniciativas como essa são fundamentais para a nossa região. Ainda temos uma certa precariedade na questão industrial e no desenvolvimento econômico. Este é, sem dúvidas, um dos pontos que pretendemos avançar”, ressalta Benato, que também relembrou a importância da execução de novas obras estruturantes.

O gestor citou o novo trecho da PR-364, entregue pelo governador Ratinho Jr. (PSD) na segunda-feira (3), como um exemplo para outros projetos que podem estimular a economia regional. “Estive presente na inauguração junto com outros prefeitos da Amcespar. Essa estrada que liga as cidades de Irati e São Mateus do Sul é uma das obras estruturantes que precisam ser realizadas no entorno da nossa região”, avalia o presidente da entidade.

Entre as estratégias adotadas pela gestão da Amcespar está o diálogo constante entre os municípios. “Precisamos estar sempre bem alinhados. Uma região inteira da Amcespar é quase equivalente à população de Ponta Grossa. Essa conexão é fundamental para o desenvolvimento, assim como a aproximação com os governos estadual e federal”, detalha Benato.

 "Recentemente, apresentamos um projeto em nível regional para o Ministério da Agricultura para valorizar e estimular a produção agrícola”, revela o prefeito. De acordo com o presidente, a partir dessa iniciativa, existe a possibilidade da região receber uma nova indústria voltada para a transformação de produtos agrícolas. “Ainda não temos o município que receberá essa fábrica. Mas existe uma projeção que prevê um investimento aproximado de R$ 1 milhão”, relembra.

Outra ação realizada em conjunto pelos dez municípios que compõem a Amcespar é o aprimoramento da iluminação pública. “Pretendemos modernizar este quesito a partir da instalação de lâmpadas LED. Inscrevemos este projeto através da associação e fomos contemplados através da Caixa Econômica. Hoje, estamos perto de efetivar a assinatura do protocolo para desenvolver o planejamento para cada município”, relata Benato. Segundo o gestor, a proposta tem um investimento inicial de R$ 6 milhões.


Entidade pretende fortalecer a industrialização

Durante a entrevista realizada nesta quinta-feira (6), o presidente da Amcespar, Junior Benato, também destacou a intenção da entidade em alavancar a industrialização dos municípios. “Temos como objetivo ampliar as obras estruturantes para garantir a chegada de investidores. Os planos diretores das nossas cidades estão sendo revisto com o suporte técnico da associação”, destaca o gestor. O presidente também revelou que este planejamento envolve questões como saneamento básico, recursos hídricos, arborização e outras ações voltadas para a infraestrutura das dez cidades que fazem parte da Amcespar.

PUBLICIDADE

Recomendados