PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Sleutjes fortalece agronegócio com ministra da Agricultura

Campos Gerais

09 de maio de 2021 14:09

Da Redação


Relacionadas

Ipiranga oferece suporte técnico para produtores

Gestão de Curiúva fortalece parceria para atrair recursos

Castro reforça importância da Campanha do Agasalho

Sepultamento de Alci Pedroso gera comoção em Carambeí
Cândido de Abreu busca ampliar a qualificação profissional
Alunos de Arapoti recebem novos kits de alimentos
PRF atende acidente na BR-376 com saque de carga
Ministra Tereza Cristina, à esquerda e no centro a deputada Aline Sleutjes. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Em audiência pública, ministra Tereza Cristina apresentou todas as políticas públicas e os resultados desenvolvidos no setor, bem como as metas para 2021

Presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Câmara dos Deputados, Aline Sleutjes (PSL) esteve à frente de audiência pública, na última quarta-feira (5), para ouvir as metas, planos e prioridades do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para 2021. “Precisamos colocar o Agro no lugar que ele merece, pois além de garantir o alimento da nação brasileira, garante produtos a 160 países. Temos o compromisso de valorizarmos nosso produtor rural, contando com o brilhante trabalho que o Ministério faz, junto com o Incra, Conab, Emater, OCB, CNA, IPA, Embrapa e tantas outras instituições que subsidiam conhecimento, tecnologia e desenvolvimento”, comentou a deputada Aline.

O evento contou com a presença da ministra Tereza Cristina e de toda sua equipe de forma remota ou presencial, que apresentaram todas as políticas públicas e os resultados desenvolvidos, bem como as metas para 2021. A ministra também pediu o empenho dos parlamentares na aprovação dos projetos de lei que visam a regularização fundiária, licenciamento ambiental entre outros. “Para o corrente ano, espera-se emitir 130 mil títulos em assentamentos e glebas públicas, sendo 80 mil apenas na Amazônia Legal. Para o ano de 2022, o objetivo é alcançar a marca de 170 mil títulos.”, destacou a ministra.

De acordo com Tereza Cristina,  a aprovação simplificará a cessão de títulos de propriedade de terra a agricultores, além de possibilitar a tomada de empréstimos e acesso a políticas públicas, gerando emprego , renda e fixação do homem e a mulher no campo. Na audiência pública, a ministra Tereza Cristina aproveitou para esclarecer pontos fundamentais aos deputados e à população brasileira.

Cúpula de biodiversidade da ONU

“É uma cúpula que muito nos preocupa, porque um dos temas que estão lá colocados é a diminuição na alimentação da proteína animal, de carne de boi”, disse Tereza Cristina sobre a Cúpula dos Sistemas Alimentares, que será promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro de 2021. “A Europa quer impor o seu sistema para o resto do mundo”, completou ao lembrar a importância da produção pecuária para a economia brasileira e de outros países sul-americanos, como Argentina, Paraguai e Uruguai.

Plano Safra

Tereza Cristina enfatizou a importância dos deputados para a  rápida aprovação do projeto do governo que abre crédito suplementar no valor de R$ 19,768 bilhões para o Orçamento (PLN 4/21), para viabilizar o Plano Safra (biênio 2021-2022), que terá início em 1º de julho, enviando na sequência a proposta ao Conselho Monetário até o fim de maio. “Precisamos do orçamento recomposto para sabermos o tamanho do Plano Safra para este ano”, explicou. A ministra também pediu empenho na  aprovação do Projeto de Lei 1293/21, do Poder Executivo, que trata dos programas de autocontrole dos agentes privados regulados pela defesa agropecuária.

Produtores de milho e leite

Na audiência, os deputados General Girão (PSL-RN) e Dra. Soraya Manato (PSL-ES), destacaram a falta de milho para atender os produtores de seus estados,  para alimentar bovinos, aves e suínos.

Segundo Tereza Cristina, a expectativa para a próxima safra é de 108 milhões de toneladas, 17 milhões a mais do que no ano passado. De acordo com a ministra, o Brasil bateu recordes na produção de milho nos últimos dois anos. Tereza Cristina disse ainda que, em breve, deverá ser enviada à Câmara dos Deputados uma medida provisória para criar mecanismos que irão permitir a compra de milho acima do preço mínimo de garantia, a fim de formar estoques para atender aos criadores de animais.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento também comentou que uma solução para a queda do preço do leite está sendo estudada pelo ministério. Até o final do mês, junto com a deputada Aline, faremos uma prestação de contas para setor. A audiência teve duração de mais de 3h, com a participação de 40 deputados on-line e presencial. 18 inscritos e toda a equipe de Mapa. A reunião foi transmitida pelo YouTube e site oficial da Câmara.

Informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados