PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Comerciantes locais pedem flexibilização em Telêmaco

Campos Gerais

09 de junho de 2021 22:30

Da Redação


Relacionadas

Imbaú avança em projetos para estimular desenvolvimento

Secretaria de Teixeira Soares recebe dois novos veículos

Educação de Ipiranga participa de diálogo sobre Censo Escolar

Reserva debate iniciativas para a segurança pública
Ivaí realiza trabalhos para recuperar estradas rurais
Arapoti oferece financiamento para microempresas
Municípios da região dialogam sobre a Nova Ferroeste
Prefeito Dr. Márcio se reuniu com representantes do setor nesta semana Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Prefeito Dr. Márcio se reuniu com representantes do setor nesta semana

O prefeito de Telêmaco Borba, Dr. Márcio Matos (PDT), recebeu, na tarde de terça-feira (8), algumas comissões formadas por representantes do comércio local do ramo de lanchonetes, restaurantes, sorveterias e bares. Também participaram da reunião, realizada na sede da prefeitura, o procurador jurídico da cidade e o secretário geral de gabinete.

Na pauta do encontro estava a reivindicação dos empreendedores para relaxamento das medidas restritivas previstas no Decreto nº 27449/2021 em Telêmaco Borba, publicado na segunda-feira (7). Os membros das comissões solicitaram a realização de atendimento presencial aos clientes nestes locais durante a vigência do novo documento assinado pelo chefe do Executivo.

O Dr. Márcio explicou que a situação da saúde no município é grave, com hospitais e UTIs lotadas. O chefe do Executivo se comprometeu a aguardar o decreto que será emitido pelo Governo Estadual, com orientação da Secretaria Estadual de Saúde, que deve ser publicado na sexta-feira (11).

De acordo com o boletim municipal divulgado pelas equipes de saúde de Telêmaco Borba nesta quarta-feira (9), a cidade já registrou 324 mortes por conta da covid-19 desde o início da pandemia. Os números totais apontam mais de 1,4 mil casos confirmados. Somente nas últimas 24 horas, a prefeitura contabilizou mais quatro mortes pela doença.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados