PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Arrecadação de ICMS na região cresce 37% e soma R$ 632 mi

Campos Gerais

10 de junho de 2021 20:29

Fernando Rogala


Relacionadas

Tibagi disponibiliza internet sem fio para escolas e CMEIs

Telêmaco define novo líder do governo na Câmara Municipal

Buraco do Padre faz planos para retomada do turismo na região

Palmeira projeta instalação de novas lixeiras nos bairros
Ortigueira revitaliza estradas localizadas no interior
Programa Feira Verde retoma atividades em Jaguariaíva
Ipiranga recebe equipamentos para qualificar serviços
Crescimento na arrecadação em Ponta Grossa seguiu a média regional, acima da estadual Foto: AEN
PUBLICIDADE

Crescimento foi o maior entre as maiores delegacias regionais da Receita Estadual. Crescimento no ano é de R$ 173 milhões


A delegacia da Receita Estadual (3ª DRR) em Ponta Grossa segue se destacando no Estado do Paraná quanto à arrecadação de impostos. Somados os valores recolhidos em Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nestes cinco primeiros meses de 2021, junto aos 22 municípios da regional, foi atingido o montante de R$ 632,98 milhões. No ano passado, no mesmo período, foram recolhidos R$ 459,3 milhões, o que significa que houve um aumento de 37,8% na arrecadação em Ponta Grossa e região dos Campos Gerais, ou seja, de mais de R$ 170 milhões em apenas cinco meses. Trata-se de uma alta acima da média estadual, de 24,5%, e maior que o das principais delegacias regionais do Estado.

Se comparado apenas o mês de maio, o valor cresceu 35% ao passar de R$ 80,4 milhões em 2020 para R$ 108,5 milhões em maio de 2021, e também maior que os R$ 93,9 milhões recolhidos em 2019, ano não impactado pela pandemia. Os R$ 632,9 milhões recolhidos neste ano já correspondem a mais de 50% do total obtido em todo o ano de 2020, quando somou 1,18 bilhão. 

Em nota enviada pela delegada da 3ª DRR, Audrey Grubba, há a confirmação que entre as quatro maiores delegacias regionais do Paraná, o melhor desempenho foi o obtido na região dos Campos Gerais. “Na comparação entre as Delegacias que são responsáveis pelas maiores arrecadações do ICMS no Estado do Paraná, constata-se que a 1ªDRR (Curitiba) teve o pior desempenho nos cinco primeiros meses de 2021 em comparação a 2020), estando abaixo do desempenho apresentado pelo Estado do Paraná como um todo. Por outro lado, a 3ªDRR (Ponta Grossa) teve o melhor desempenho entre as 4 maiores delegacias regionais, apresentando um incremento de 37,41% no primeiro quadrimestre”.


Ponta Grossa concentra quase 70% de toda arrecadação regional

O resultado da arrecadação de Ponta Grossa segue a tendência regional. Somados os valores recolhidos nestes cinco primeiros meses de 2021, foram obtidos R$ 440,7 milhões em impostos, valor que é quase R$ 120 milhões superior aos R$ 321,7 milhões obtidos no mesmo período em 2020. Em percentual, a alta no período foi de 37%, de uma cidade que representa quase 70% de toda a arrecadação regional. Em maio deste ano, foram arrecadados R$ 67,63 milhões, 27% a mais que os R$ 52,9 milhões de 2020. A delegacia atribui o desempenho ao forte crescimento econômico. “Aponta tanto para uma tendência de recuperação da atividade econômica da região quanto para a consistência no desempenho positivo, inclusive no período pré-pandemia; e fruto do trabalho sério e técnico realizado pela administração tributária da 3ª DRR”, informa a nota.

PUBLICIDADE

Recomendados